Aplicativo para restaurantes: como a tecnologia pode tornar a gestão mais eficiente

O setor de serviços é uma das áreas em ascensão no Brasil – e o setor alimentício é um dos segmentos igualmente em crescimento. Entenda como e porque um aplicativo para restaurantes pode tornar sua gestão mais eficiente.

Para enfrentar uma série de transformações relacionadas ao desenvolvimento de novas tecnologias, que mudaram drasticamente o comportamento dos consumidores, os restaurantes precisaram reinventar a forma de prestar seus serviços.

Por causa da pandemia da COVID-19, o aplicativo para restaurantes se tornou um dos principais aliados para a expansão, rentabilidade e sobrevivência do setor.

Pensando nisso, reunimos algumas informações para tornar a gestão de um restaurante mais eficiente e produtiva, abordando temas como as mudanças do hábito de alimentação fora de casa  e os principais benefícios de um aplicativo para restaurantes.

Alimentação fora de casa: o que mudou?

Os comportamentos de consumo alimentar passaram por diversas mudanças drásticas ao longo dos anos, impulsionados por novas dinâmicas socioeconômicas e a transformação tecnológica.

No século passado, por exemplo, o papel da mulher no Brasil passou das tarefas domésticas – como cozinhar para a família – para uma atuação mais ampla no mercado de trabalho, o que aumentou a demanda por serviços externos de alimentação.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2019, 34% dos brasileiros gastavam com alimentação fora de casa – o que tomava, em média, 25% da renda dos participantes da pesquisa. Isso abriu centenas de portas para empreendedores do setor de serviços voltados à alimentação, como bares e restaurantes.

Contudo, a crise da COVID-19 chegou abruptamente, trazendo mudanças proporcionalmente drásticas. Ao passar mais tempo em casa devido às medidas de restrição à pandemia, a população brasileira passou a adotar novos hábitos alimentares, priorizando refeições caseiras e mais saudáveis.

A ascensão do delivery

Por outro lado, enquanto o mercado sofreu uma enorme queda de produtividade presencial e ainda luta contra os impactos econômicos de 2020, a demanda por serviços de entrega (delivery) aumentou.

O delivery se tornou uma solução tanto para os serviços alimentícios quanto para os consumidores, que encontraram na tecnologia uma forma prática de vender e pedir comida, respectivamente.

Para os consumidores, além de evitar sair de casa e se expor à COVID-19, a diversidade de restaurantes e pratos são atrativos no serviço de entrega – principalmente quando o acesso está na palma da mão.

A popularização do delivery fomentou novas formas de negócios, principalmente para empreendedores locais como restaurantes, cafés, lanchonetes e outros, que encararam isso como uma oportunidade de crescimento e manutenção dos serviços.

Quando grande parte dos consumidores, cada vez mais imediatistas, não gosta de ligações telefônicas, os serviços de entrega passaram a ser realizados principalmente através de aplicativos e outros meios digitais. A tecnologia permite uma série de facilidades, como adquirir a refeição desejada rapidamente em um horário conveniente, escolhendo formas de pagamento automáticas e sem contato.

Ou seja, a tecnologia se tornou ainda mais essencial para a satisfação dos consumidores, o que reflete na rentabilidade e sobrevivência de restaurantes. Mas ela também pode ser uma poderosa aliada para esses negócios, como veremos logo mais neste artigo.

Como será o “novo normal” pós pandemia?

Mas, com o avanço dos índices de vacinação e a lenta adaptação a um “novo normal” pós-pandemia, como fica a alimentação fora de casa?

Segundo uma pesquisa do Instituto Qualibest encomendada pela Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA), a confiança dos consumidores no serviço presencial de restaurantes está voltando.

É claro, contudo, que isso vem com um preço. Esses estabelecimentos agora precisam se adaptar de acordo com as mudanças de comportamento do consumidor, que estão ainda mais exigentes.

De acordo com o estudo, divulgado em 2021, 35% dos entrevistados em âmbito nacional veem a higiene e a segurança como o principal critério para a escolha de um restaurante. Além disso, 22% priorizam a qualidade da comida, enquanto 16% procuram um preço justo.

Ainda, 82% dos consumidores brasileiros buscam espaços abertos e bem ventilados, estabelecimentos que contam com mesas em varandas, salões com grandes janelas ou espaços abertos e ao ar livre, como mesas nas calçadas.

Como tornar a gestão do restaurante mais eficiente e aumentar a produtividade

Como acontece para a maioria dos serviços, a gestão de restaurantes tem como objetivo otimizar processos internos e externos para aumentar a produtividade e promover a satisfação dos clientes, aumentando, assim, a fidelização.

Quando bem executada, a gestão de serviços pode trazer uma série de benefícios ao negócio. A organização de processos e demandas, por exemplo, aumenta a eficiência operacional como um todo.

Outra estratégia é a padronização dos serviços que, no caso dos restaurantes, resulta na consistência da qualidade dos pratos oferecidos e maior agilidade, seja na cozinha ou nas entregas.

Quanto mais ágil é a tomada de decisão, melhores são os resultados. Mas antes de implementar qualquer ferramenta ou estratégia para isso, é preciso pensar na estrutura geral do restaurante como empresa. Os 4Ps da gestão de serviços podem auxiliar neste processo. São eles:

  • Perfil: identificação do perfil da empresa e do seu público-alvo;
  • Processos: definição de todas as etapas da prestação de serviço, desde o momento em que o cliente conhece a empresa até o seu relacionamento pós-venda;
  • Procedimentos: detalhamento dos processos para garantir a eficiência e qualidade de todas as operações;
  • Pessoas: planejamento e estruturação da comunicação interna.

Além de considerar esses quatro pilares, é possível desenvolver um planejamento sólido para otimizar a rotina. Ter agilidade nos processos é a chave para aumentar o produtividade pelo menor custo possível na prestação de serviços.

Todo restaurante depende muito do bom desempenho dos funcionários em todos os processos e, por isso, toda empresa do setor precisa ter uma gestão de pessoas ainda mais eficiente. Para isso, contar com o apoio de dados pode ser extremamente benéfico.

Registrar informações sobre o dia a dia no trabalho facilita a organização de rotas, estoques, equipes e entregas pela gestão do restaurante. Assim, além de tornar o negócio mais eficiente, fica mais fácil perceber onde é possível cortar gastos e quais são as melhores formas de investimento.

A tecnologia é a maior aliada do prestador de serviços, e é claro que para a gestão de restaurantes isso não é diferente. Ferramentas digitais podem simplificar e automatizar uma série de processos, deixando o gestor livre para analisar a sua estratégia e pensar em novas oportunidades para aumentar a produtividade.

Como um aplicativo para restaurantes pode alavancar o seu negócio

Uma das ferramentas tecnológicas mais populares na prestação de serviços é o aplicativo. Um sistema de ordem de serviço, por exemplo, oferece uma série de funcionalidades que tornam o processo muito mais intuitivo para todos os envolvidos.

Isso é especialmente verdadeiro quando falamos de aplicativos para restaurantes. Confira alguns dos principais benefícios ao implementar essa solução no seu negócio.

1) Registro de pedidos

A automação do registro de pedidos, tanto para delivery quanto na alimentação fora de casa, confere maior agilidade para qualquer restaurante.

Isso afeta principalmente a gestão de estoque e produção, para garantir que o restaurante vai dar conta da demanda. Além disso, fica mais fácil organizar a força de trabalho prezando pela eficiência e produtividade.

2) Roteirização automática

Com um aplicativo para restaurantes que oferece a roteirização, o gestor da operação consegue definir os trajetos mais adequados para que o serviço chegue ao cliente de forma rápida e com o menor custo.

Muitas vezes, isso é feito automaticamente. Ao incluir um sistema otimizado de GPS, a própria plataforma realiza esse cálculo instantaneamente, considerando e processando uma série de informações atualizadas e pré-definidas.

3) Acompanhamento em tempo real para gestor e cliente

Em complemento ao item anterior, a geolocalização permite analisar e acompanhar as rotas previstas e saber a localização exata dos entregadores durante sua jornada de trabalho.

Essa gestão de entregas digital beneficia todas as pontas: o gestor, o funcionário e o cliente.

Com um sistema de ordem de serviço, o gestor saberá qual colaborador está mais próximo do chamado e pode realizar a entrega com mais agilidade. Já o cliente fica bem informado sobre a chegada do pedido ao local.

O entregador também é beneficiado ao ter o registro de cumprimento das suas demandas em tempo real, além de poder reportar problemas com maior facilidade.

4) Satisfação do cliente

Um aplicativo para restaurantes permite que o cliente tenha uma série de informações na palma da mão, como o cardápio, informações nutricionais e os horários de funcionamento. Contudo, para os consumidores, um dos principais benefícios de utilizar um aplicativo para restaurantes é a simplicidade de realizar pedidos e encomendas.

Em poucos toques, o usuário pode escolher com calma os itens desejados, selecionar a melhor forma de pagamento e finalizar a compra.

É importante destacar que a usabilidade do aplicativo também é muito importante para a experiência de compra, que se for bem planejada e executada, pode aumentar consideravelmente os índices de satisfação do restaurante.

5) Relatórios e histórico do serviço

A necessidade da comprovação do serviço é imensa, ainda mais para a gestão de equipes externas em restaurantes que oferecem o serviço de delivery. É assim que o negócio pode se certificar de que a entrega foi executada, mensurar o desempenho do funcionário e até mesmo fiscalizar atividades.

Além disso, o entregador ainda pode ter a comprovação digital dos seus serviços, que pode ser realizada por foto, coordenadas de GPS, registros em áudio ou até mesmo pelo cliente. Assim, o preenchimento do relatório de serviços é feito automaticamente, em vez de manualmente.

6) Registro de dados de desempenho

Como comentamos, o desempenho dos funcionários define a qualidade do serviço prestado. Por isso, taxas de absenteísmo e o índice de turnover, ou “rotatividade”, são indicadores a que a gestão do restaurante precisa estar atenta.

Além de prejudicar o serviço, o excesso de abstenções e/ou o alto fluxo de entradas e saídas de funcionários podem gerar altos custos. Um aplicativo para restaurantes permite monitorar e controlar esses fatores ao registrar automaticamente essas informações, que devem ser analisadas posteriormente pelo gestor para elaborar suas estratégias.

5 tipos aplicativos para empresas: saiba tudo sobre eles em um guia completo

Mais eficiência à operação com o aplicativo uMov.me

Após compreender os principais benefícios que um aplicativo para restaurantes pode trazer, talvez você esteja se perguntando qual a melhor alternativa entre as mais diversas plataformas disponíveis no mercado de tecnologia atualmente?

A uMov.me é líder nacional na criação de aplicativos no-code para empresas, oferecendo soluções cada vez mais ágeis, acessíveis aos clientes e personalizadas com sua respectiva regra de negócio.

Além do setor de serviços e facilities, a uMov.me atende segmentos de força de vendas, logística e trade marketing.

O aplicativo de ordem de serviço da uMov.me, por exemplo, atende uma série de ramos dentro da prestação de serviços. Isso porque, por meio de uma plataforma no-code é possível customizar a solução de acordo com as necessidades de cada negócio.

Esses são algumas das principais funcionalidades dos aplicativos da uMov.me:

  • Distribuição de atividades e roteirização para equipes;
  • Coleta de dados de maneira prática e fácil;
  • Checklist inteligente de execução das atividades;
  • Comprovação digital da realização dos serviços;
  • Geolocalização e cercamento eletrônico;
  • Dashboards atualizados em tempo real;
  • Possibilidade de troca de mensagens com times internos e externos, facilitando a comunicação entre eles;
  • Modelos de integração com outros softwares já implementados pela empresa.

Confira todas as funcionalidades do aplicativo de ordem de serviço da uMov.me

Considerações sobre o uso de aplicativo para restaurantes

Com tantas mudanças de comportamento dos consumidores, tanto pela pandemia quanto pelo desenvolvimento de tecnologias, manter-se atualizado deixa de ser uma vantagem competitiva e torna-se uma necessidade para a sobrevivência de um negócio.

Em uma cultura data-driven, obter dados, analisá-los e transformá-los em conhecimento para a sua empresa já se tornou uma prática obrigatória para qualquer segmento – e é claro que isso também vale para a gestão de restaurantes.

A tecnologia é a principal aliada no planejamento, execução e comprovação de tarefas em um restaurante – principalmente por serem demandas que exigem a organização de dados para manter uma alta produtividade e eficiência na prestação de serviço.

Desafiados por clientes ainda mais exigentes, tanto em qualidade de serviço como questões sanitárias, adotar ferramentas tecnológicas é imprescindível para tornar os processos mais eficientes, promovendo o aumento da produtividade e da satisfação dos clientes.

Vamos conversar sobre um aplicativo para o seu restaurante? Agende uma demonstração com um de nossos especialistas e veja na prática o que a solução da uMov.me pode fazer pelo seu negócio!
aplicativo para restaurantes

Trade Marketing

Gestão de promotores é mais eficiente com o uso de aplicativo

Tudo o que você precisa saber sobre gestão de promotores está aqui! Entenda o...

Ordem de Serviço

Aplicativo de checklist: como ajuda na gestão de equipes

Já pensou como a tecnologia pode ajudar do seu time? Entenda quais são os bene...

Assine nossa newsletter

Tenha acesso aos nossos principais posts diretamente em seu email.

A mensagem foi enviada.