7 indicadores de gestão para equipes em campo: tudo o que você precisa saber

s indicadores de gestão auxiliam as empresas a estabelecerem metas e diretrizes. Assim, pode-se avaliar detalhadamente os resultados, planejando estrategicamente o futuro. 

Em todo processo de produção, independentemente do seu setor de atuação, é possível estabelecer indicadores. Eles ajudam a compreender como está a evolução do seu negócio. 

O que varia é a quantidade de indicadores de gestão que cada organização utiliza. Afinal, cada processo é diferente e único.  

Entenda como essa estratégia pode te ajudar!

O que são indicadores de gestão?

Indicadores de gestão são ferramentas que orientam a tomada de decisão. A análise centrada e detalhista dos processos dentro da empresa faz com que ela tenha em mãos o retrato com a leitura objetiva da sua real performance.

Isso permite que haja a percepção de aspectos como rentabilidade, produtividade, lucros, pontos fortes e fracos, e outros. Portanto, acompanhar todos esses pontos faz com que a empresa se planeje melhor para o futuro.

Os gestores que usam indicadores têm uma visão mais clara de todas as situações. Dessa forma, conseguem ter mais embasamento para tomar decisões assertivas.

A gestão embasada em indicadores permite a melhor reflexão sobre novos investimentos, aprimoramento dos processos, lançamento de novos produtos e redução de custos.

Qual a importância de analisar dados para gestão?

A gestão de indicadores permite que você avalie o desempenho de sua empresa. Portanto, ela mostra como sua performance pode melhorar.

Sua importância está no poder que tem de analisar, identificando exatamente as áreas, atividades ou profissionais que devem aprimorar suas atividades. Aquela famosa lente de aumento para ver o que precisa.

Sendo assim, é preciso selecionar indicadores que forneçam retornos objetivos sobre a eficácia da estratégia de um setor ou função específica. Então, os indicadores de gestão usados tem que ser de acordo com as suas metas!

Muitas vezes, empresas adotam cegamente indicadores sem considerar as metas específicas ou a experiência da companhia. Portanto, acabam não tendo o resultado esperado. Por isso, escolha com cuidado e de acordo com as particularidades da sua empresa.

Principais indicadores de gestão empresarial

Agora que você já sabe o que são indicadores de gestão e a importância de analisar esses dados é hora de conhecer quais são os principais  que podem ajudar o seu negócio.

  • Lucro líquido: é o valor que sobra após deduzir todos os custos e despesas do faturamento total da empresa;
  • Margem de lucro líquida: é o que a sua empresa planeja lucrar como retorno do que foi investido;
  • EBITDA (Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization): uma maneira de calcular quanto uma empresa gera de recursos apenas com sua operação;
  • NPS (Net Promoter Score): é uma métrica que mensura quais são os clientes promotores da marca;
  • Market share: participação da empresa no mercado em que ela se encontra;
  • Taxa de retenção de funcionários: o tempo médio em que os colaboradores ficam em uma instituição;
  • Índice de inadimplência:  avalia o que a empresa tem a receber e quanto desse montante está atrasado ou não sendo pago.

7 indicadores de gestão para equipes de campo

Além dos principais indicadores para garantir mais desempenho da gestão empresarial, quando se trata de equipes que possuem atuação em campo, existem outros dados importantes para se estar atento. Veja quais indicadores de gestão podem te ajudar:

1) Tempo de permanência no cliente

O primeiro indicador é referente ao tempo médio de permanência junto ao cliente. Este é definido pela divisão do total de tempo gasto para realizar todos os atendimentos dentro de um período pelo total de atendimentos realizados.

Assim, é possível verificar se os tempos registrados estão de acordo com a meta e, caso contrário, agir para que isso seja otimizado.

Por exemplo:

Tempo dedicado para realizar todos atendimentos / Total de atendimentos
 

= Tempo médio de permanência no cliente

Ao olhar para estes dados é possível constatar se um funcionário ou uma equipe está permanecendo mais tempo em atendimentos ou não, para guiar a tomada de decisões.

2) Avaliação no atendimento

Há formas de avaliar o atendimento da sua equipe externa. Por exemplo:

  • Quantas pessoas foram atendidas? 
  • Todas as informações foram passadas? 
  • Qual o nível de satisfação do cliente?

Uma das maneiras de garantir a coleta dessas informações é por meio de pesquisa de satisfação, que pode ser enviada ao cliente via SMS ou WhatsApp. 

Vale mencionar que, se a sua empresa utiliza um aplicativo para gestão da equipe em campo, a pesquisa pode ser integrada a todo o processo de execução de tarefas, garantindo mais agilidade e unidade nas informações. 

Por exemplo, no caso de uma empresa de móveis, após realizar a montagem, o funcionário faz a captura das fotografias, encerra a Ordem de Serviço e já envia a pesquisa para o cliente responder. Nesse caso, o gestor recebe as respostas diretamente em seu painel de gestão. 

3) Tarefas em dia ou atrasadas

Outros dois indicadores de performance relevantes para a equipe externa são os cumprimentos de metas e prazos. Computador com visão para o monitoramento de frota em tempo real

No caso de atendimentos, pode-se acompanhar o percentual realizado dividindo o total de casos atendidos pela meta esperada no período.

O índice de atraso é dado pelo total de atendimentos realizados fora do prazo sobre o total de atendimentos feitos. Avaliado por equipe, é possível identificar quais times estão com desempenho baixo.

Por exemplo:

Total de atendimentos realizados fora do prazo: 10 / Total de atendimentos feitos: 100

= Índice de atraso: 10%

4) Média de atendimento por equipe

Indica o número médio de atendimentos realizados pela equipe ou profissional externo. Para verificar sua eficiência, determine um período para analisar esse indicador. 

Esse indicador, por exemplo, pode ser levantado pela divisão da quantidade de ordens de serviço realizadas no período examinado.

5) Tempo médio de deslocamento

Outro indicador muito importante a ser analisado pela gestão é o tempo médio de deslocamento. Afinal, não adianta otimizar o tempo de atendimento aos clientes e continuar a gastar horas em trânsito.

Este dado é definido pela divisão do tempo total gasto em deslocamentos pelo total de atendimentos. Esse indicador ajuda a compreender o aproveitamento do período de trabalho das equipes e identificar formas de melhorias.

6) Cumprimento de metas

Lembra que falamos anteriormente sobre os indicadores de gestão estarem em conformidade com as metas?

Então, na avaliação dos resultados de uma equipe em campo, isso também deve ser considerado. Pois esse indicador ajuda a compreender se as equipes estão dentro das metas estabelecidas e se existem times de destaque.

Vamos a um exemplo! Uma transportadora pode ter como meta entregar todos os pedidos no prazo, portanto o seu cumprimento ou não é um indicador a ser avaliado.

Com base nessas informações, a tomada de decisão é facilitada e mais efetiva para as vendas.

7) Uso de materiais

O gasto de materiais e recursos da empresa com equipes em campo também pode ser acompanhado por meio de indicadores de gestão. 

Quando esses itens são descartáveis, usados apenas em um atendimento, é possível determinar o gasto médio por atendimento.

Mas os itens de aproveitamento de longa data, como ferramentas de alto valor, podem ser acompanhados pelo tempo de vida útil médio.

Portanto, o indicador ajuda a gestão a determinar quais equipes estão fazendo mau uso de materiais ou encontrar ações estranhas que geram custos desnecessários.

Como acompanhar os indicadores de gestão?

Existem duas formas de fazer a coleta, análise e acompanhamento de indicadores de desempenho. As maneiras são: manual e automatizada.

Coleta e análise manual

Em tempos mais remotos, dados e informações de desempenho eram coletadas de forma manual. Eram usadas planilhas de controle no Excel ou em papel. 

Para esse tipo de coleta, é importante que os profissionais preencham os dados conforme trabalham.

Vale lembrar que esse formato é lento, pouco seguro e muito trabalhoso!

Coleta e análise automatizada

Atualmente, existem softwares e sistemas automatizados que ajudam no controle da coleta de dados e análise de indicadores de gestão de equipes externas.

Suas funcionalidades podem ser usadas tanto pela gestão, quanto pela equipe em campo, por meio de aplicações em dispositivos móveis, nos quais eles recebem as tarefas e atualizam suas atividades.

Entre esses sistemas estão os aplicativos criados pela uMov.me:

Considerações sobre indicadores de gestão

Você sabia de todos esses indicadores de gestão? Eles facilitam o seu dia a dia e melhoram a performance, da sua liderança e da sua equipe. 

Independente do seguimento do seu negócio ou do tamanho da sua equipe, contar com esses indicadores é essencial. Eles potencializam o negócio como um todo.

Nós ajudamos você com as nossas soluções tecnológicas personalizadas para mensurar os resultados da sua empresa. Afinal, por meio de sistemas avançados e eficientes, a medição das metas e objetivos torna-se mais efetiva.

Usar recursos tecnológicos facilita a sua gestão de equipe, proporcionando resultados melhores. Quando somados aos indicadores de gestão certos, é possível tomar decisões que sejam melhores para o coletivo.

Aplicativos customizados

Aplicativo para gestão de equipes em campo: saiba por que uma empresa precisa investir

Existem dificuldades que são comuns nas empresas que possuem equipes com atuaç...

Aplicativos customizados

Aplicativo de checklist: como ajuda na gestão de equipes

Já pensou como a tecnologia pode ajudar do seu time? Entenda quais são os bene...

FALE COM UM ESPECIALISTA

Conheça os potenciais da plataforma para a sua empresa.

QUASE LÁ!

Preencha os dados abaixo para garantir sua demonstração gratuita.