Manutenção predial: o que é e como fazer com eficiência

Manutenção predial o que é e como fazer com eficiência
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter

A manutenção predial inclui uma ampla variedade de tarefas “nos bastidores” para garantir que uma instalação ou um edifício permaneça funcional e confortável para seus usuários. E, no coração de tudo, está a gestão de serviços. Veja como realizá-la com eficiência!

Sem serviços de manutenção regulares, um edifício pode rapidamente se tornar um ambiente desagradável e, até mesmo, perigoso para se viver e trabalhar. Por isso, os técnicos de manutenção são inestimáveis! 

Para tornar o local funcional e habitável, é necessário contar com uma equipe qualificada de vários profissionais com diferentes especialidades de manutenção em áreas como elétrica, hidráulica e climatização.

Assim, deve-se tomar um cuidado extra com a organização e o controle da manutenção predial para garantir que tudo esteja de acordo nas diferentes áreas. Saiba em detalhes o que é manutenção predial e como realizá-la com eficiência. Uma dica: a tecnologia pode ser uma grande aliada!

O que é manutenção predial?

A manutenção predial diz respeito a uma variedade de tarefas que ajudam a criar um ambiente residencial ou de trabalho seguro e confortável para os inquilinos de um edifício. Isso inclui atividades internas, manter os mais diversos sistemas como elétricos, e externas, sendo cuidar da aparência e estrutura. 

Ou seja, a manutenção predial não serve somente para lidar com problemas relacionados ao edifício, mas também para manter um ambiente exemplar, no qual os moradores ou trabalhadores possam se sentir confortáveis e seguros.

Todos os serviços de uma manutenção predial de rotina são realizados para preservar as propriedades em ótimo estado. Esses serviços podem ser divididos em diferentes funções. Veja um exemplo dessa estrutura:

Zeladoria: As tarefas diárias comuns incluem manter o edifício limpo, esfregando o chão, esvaziando o lixo, limpando os banheiros, etc.

Técnico de manutenção: Responsável pela manutenção e pelos reparos regulares de sistemas prediais, incluindo HVAC, elétrico e hidráulico.

Supervisor de Manutenção: Responsável pelo cronograma e delegação de tarefas que precisam ser concluídas para a manutenção geral do edifício. Os supervisores de manutenção também são responsáveis ​​pelo gerenciamento da equipe, incluindo contratação e revisões.

Contando com profissionais nesses três eixos, é possível garantir que o edifício funcione todos os dias sem maiores problemas.

Os tipos de manutenção predial

Além das divisões de tarefas que acabamos de ver, também existe outra forma de divisão na manutenção predial. Segundo a Norma da ABNT NBR 5462, existem alguns tipos de manutenção de edificações. A seguir, falaremos das três principais. Confira!

Manutenção preventiva

A manutenção preventiva, como o próprio nome indica, tem o objetivo de evitar problemas futuros. Ou seja, é um conjunto de ações realizadas de maneira prévia e de acordo com um plano de manutenção predial pré-estabelecido.

Com um bom planejamento, é possível realizar esse tipo de manutenção em menor tempo do que as demais e, ainda por cima, reduzir gastos com atividades emergenciais. 

O supervisor pode escolher qual o melhor momento para a realização e prever a sua duração. Da mesma forma, a equipe pode ser contratada para realizar o trabalho com calma dentro do tempo estabelecido, sem a necessidade de horas extras ou retrabalho.

Manutenção corretiva

Se a manutenção predial preventiva é realizada para prevenir problemas, a manutenção corretiva é para quando o problema já existe.

Por vezes, esse tipo de situação é problemática, pois lida com o instável mundo dos imprevistos, tornando a manutenção predial corretiva mais cara e demorada do que as demais.

Nesses casos, é importante estar atento a possíveis problemas e resolvê-los sempre rapidamente para que não se agravem.

Manutenção preditiva

Semelhante à manutenção preventiva, a preditiva também busca evitar problemas. No entanto, a diferença está na maneira como são realizadas.

A manutenção predial preditiva tenta detectar situações a qualquer momento, por vezes fora do prazo das inspeções programadas.

Se a manutenção preventiva envolve limpeza, lubrificação e inspeção, a preditiva usa de outras ferramentas como sensores, por exemplo, que não somente previnem problemas, como os preveem antecipadamente.

Como fazer um plano de manutenção predial eficiente

A manutenção predial é importante, porque garante a segurança e o conforto de quem habita o prédio, seja como moradia ou como local de trabalho. Do ponto de vista comercial, ela pode economizar o dinheiro dos proprietários a longo prazo e contribuir para o aumento do valor da propriedade.

Como realizar os serviços de manutenção predial de maneira eficiente?

Embora haja diferentes profissionais e áreas envolvidas, como limpeza, técnica, paisagismo, entre outras, algo está no coração da manutenção predial e é essencial para o funcionamento de todas as outras partes: a gestão de serviços!

O supervisor de manutenção e sua equipe estão por trás da estratégia e são responsáveis pelas decisões que mantêm o funcionamento do edifício. Esse gestor deve cuidar para que as inspeções estejam em dia, além de emitir ordens de serviço de maneira adequada e avaliar os procedimentos necessários para que tudo siga em ordem, sem desperdiçar recursos e tempo.

Para isso, o ideal é definir um plano de manutenção predial a fim de realizar a gestão de serviços de modo eficiente. Isso significa saber onde a equipe está, que atividades deve realizar, em que etapa da tarefa o profissional se encontra e poder comprovar a finalização de cada detalhe. 

Principais serviços da manutenção predial

Um bom plano de manutenção predial consiste em uma série de medidas que garantam a segurança, conservação e boa funcionalidade do edifício. Isso envolve serviços, como:

  • Climatização: limpeza e manutenção dos equipamentos de ar condicionado;
  • Prevenção de Incêndios: inspeção do equipamento, segundo as regras do corpo de bombeiros;
  • Resíduos: higienização e dedetização dos depósitos de lixos e resíduos;
  • Segurança: controle de quem tem acesso ao edifício por meio de diferentes modalidades de portaria e câmeras de vigilância, interfone, etc.
  • Acessibilidade: rampas, elevadores e outras necessidades de pessoas com deficiência e idosos;
  • Ambientes coletivos: garantir ambientes de convivência limpos e de aparência agradável para o conforto dos habitantes do edifício.

Principais práticas da manutenção predial

Para ter sucesso na manutenção predial, a chave está no planejamento e na gestão de serviços. Existem algumas práticas que podem ajudar nessa rotina, como:

  1. Contratar os profissionais adequados a cada tarefa e treinar a equipe;
  2. Preparar o dia a dia das equipes usando ordens de serviço, assim é possível ter controle sobre suas atividades e comprovar sua realização quando necessário;
  3. Definir outras formas de controle do trabalho, como o preenchimento de relatórios de serviço e/ou o uso de aplicativos para acompanhamento;
  4. Dar atenção aos relatórios, afinal, não basta fazê-los, é preciso decidir como analisar as informações para tomar decisões assertivas baseadas em dados. Uma opção que vem se tornando popular é o relatório fotográfico;
  5. Elaborar o plano de manutenção predial de forma a prever as necessidades do edifício e ser capaz de evitar problemas graves que seriam custosos de se resolver após complicações.

Gestão da manutenção predial

Como vimos um plano de manutenção predial eficiente não é nenhum segredo: tudo gira em torno da gestão de serviços. Se ambos forem bem estruturados, executar as atividades torna-se mais fácil e claro, evitando erros e retrabalho.

Quando realizada adequadamente, a gestão de manutenção é capaz de reduzir custos e manter uma longevidade maior em máquinas e equipamentos, como climatizadores, por exemplo.

Para ajudar nessa parte essencial da manutenção predial, já existem sistemas eficientes, fáceis de usar e especializados em gestão. É o caso do aplicativo de ordem de serviço da uMov.me.

Nesse tipo de solução tecnológica, é possível encontrar todas as funcionalidades necessárias à gestão de serviços de manutenção como:

  • emissão de ordens de serviço;
  • acompanhamento da equipe;
  • elaboração de relatórios (sejam escritos, por áudio ou fotográficos);
  • acompanhamento do histórico de equipamentos
  • controle de insumos e EPIs;
  • checklists de prestação de serviços;
  • avaliação de qualidade;
  • entre outras.

Adotar a tecnologia como aliada nos serviços de manutenção predial significa perder menos tempo em processos manuais, evitar erros humanos e economizar recursos.

Considerações para uma manutenção predial eficiente

A manutenção predial é importante para a segurança e o bem-estar de moradores ou trabalhadores do edifício e, portanto, agrega valor ao empreendimento. O uso de um aplicativo facilita e aperfeiçoa os processos de gestão de serviços, otimizando equipe e recursos.

Com um aplicativo de ordem de serviço da uMov.me, é possível automatizar as tarefas que impactam diretamente nos processos de manutenção predial. No sistema, a ordem de serviço é gerada automaticamente e enviada para os técnicos encarregados. 

Assim, um sistema de ordem de serviço, aumenta o controle sobre as atividades, acelera a execução das manutenções, ajuda a obter dados para minimizar riscos e ainda auxilia a tomar decisões estratégicas com maior embasamento.

Conheça as funcionalidades do aplicativo de ordem de serviço para manutenção predial

 

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter

confira mais conteúdos!

vamos conversar?

Preencha os dados abaixo e entenda os benefícios de um aplicativo customizado para seu negócio.

grarfismo_home