Tudo sobre manutenção corretiva: conceito, vantagens, desvantagens e Curva PF

A manutenção corretiva ocorre quando há uma falha, pane ou quebra de ativo/equipamento. Sua função é resolver de maneira rápida e eficiente um problema, com o intuito de evitar maiores prejuízos para  empresa e seus clientes.

Por demandar imediatismo, a manutenção corretiva nem sempre foca no ideal, mas sim no possível.

Para diminuir a necessidade desse tipo de manutenção é preciso adotar a vistoria e acompanhamento como prática corrente. É nesse sentido que o uso da tecnologia na gestão da manutenção se destaca, para automatizar e digitalizar processos com o intuito de gerar mais assertividade ao trabalho

Siga a leitura para compreender melhor como a transformação digital possibilita a gestão mais eficiente dos equipamentos e evita gastos desnecessários com manutenção corretiva

A gestão da manutenção se refere às estratégias, protocolos e processos adotados que têm por objetivo manter equipamentos – sejam eles quais forem – em perfeitas condições. E, com isso, obter melhores resultados! 

O que é Manutenção Corretiva?

De acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e sua norma NBR 5462, a manutenção é a combinação de todas as ações técnicas e administrativas, incluindo as de supervisão, que visam manter ou recolocar um item em um estado no qual possa desempenhar uma função requerida.

No caso da manutenção corretiva, ocorre o ato de consertar máquinas e equipamentos em caráter emergencial. Ou seja, é um tipo de manutenção somente necessária quando há uma quebra, parada, pane ou queda de desempenho. 

É acompanhada de interrupção do trabalho e gera prejuízos para a empresa.

Por suas características de urgência e custo inesperado, a manutenção corretiva não é considerada a ideal. Para evitá-la, é importante ter um plano de manutenção

Assim, colaborando para uma gestão de qualidade em qualquer empresa, independente do porte ou área de atuação. É através desse planejamento que a organização garante a integridade e eficiência dos seus bens.

Quais os tipos de Manutenção Corretiva?

A manutenção corretiva engloba mais de um tipo. E o conhecimento sobre cada uma delas é importante para saber como aplicá-las na rotina do negócio. A seguir, falaremos sobre a manutenção corretiva planejada e a não planejada:

Manutenção planejada 

 A manutenção planejada é realizada no início da falha. Dessa forma, a sua principal missão é solucionar um potencial problema antes mesmo que ele chegue à fase de falha funcional. 

Com ela, busca-se prever quando o funcionamento do equipamento será comprometido e, com isso, consertá-lo no momento correto.

A manutenção corretiva planejada deve buscar a segurança dos funcionários e clientes. Ela também precisa se atentar a não prejudicar a qualidade do produto ou o meio ambiente. O ideal é que seja agendada para o momento mais conveniente para a empresa.

Esse tipo de manutenção deve ser baseada em dados coletados por meio de testes, inspeções e monitoramentos contínuos. 

Nesse sentido, o Planejamento e Controle da Manutenção, ou PCM, é uma área estratégica responsável por gerenciar os serviços de manutenção dentro de uma empresa. 

No PCM, estão incluídas questões como custos, conservação dos equipamentos e os tipos de ações a serem realizadas para evitar manutenções inesperadas e prejuízos para a empresa.

Manutenção não planejada 

A manutenção não planejada, também é conhecida como manutenção não programada. Tem como principal característica ser realizada em razão de problemas que resultam em parada forçada.  

A manutenção corretiva não planejada é sempre de caráter emergencial. Ela costuma ocorrer quando a falha oferece risco à segurança dos trabalhadores, além de causar danos à qualidade do produto final e ao meio ambiente.

Por estes motivos, a manutenção corretiva não planejada é mais cara e mais perigosa do que os demais tipos de manutenção. Idealmente, deve ser evitada pela empresa.

Manutenção Preventiva, Preditiva e Corretiva: qual a diferença? 

A manutenção preventiva é um tipo de reparo que segue determinado plano de trabalho. É realizada a partir de critérios técnicos definidos. 

Já a manutenção corretiva é aquela feita quando o equipamento já está com funcionamento precário, o que afeta a sua operação. É uma parada não prevista.

Outra categoria é a manutenção preditiva, que é conhecida também como manutenção baseada em condições. Ela tem como objetivo reduzir a aplicação das manutenções corretiva e preventiva, uma vez que pode prever a falha ou a quebra do ativo, sendo realizada a partir do estudo de dados. 

Essas informações são obtidas por meio de acompanhamento do desgaste de peças, máquinas e equipamentos. Testes periódicos são efetuados para determinar a época adequada para substituições ou reparos de peças. 

Curva PF: o que é e como aplicar na Manutenção Corretiva?

A curva PF consiste no gráfico que conflita, em um plano cartesiano, a performance de do equipamento sobre o seu tempo de funcionamento. Seu objetivo é identificar o intervalo PF, que consiste no tempo entre a falha potencial e a falha funcional.

É, portanto, uma ferramenta de análise imprescindível para que o plano de manutenção seja confiável e siga os padrões RCM (Reliability-Centred Maintenance).

RCM é uma metodologia que visa reunir as melhores técnicas de manutenção sempre com foco na confiabilidade e na segurança dos itens considerados críticos para a produção de uma empresa

Os principais objetivos da Manutenção Centrada na Confiabilidade são: reduzir os custos com manutenção e aumentar a disponibilidade dos equipamentos.  

A ideia é fazer isso ao manter todo o sistema funcionando através, principalmente, da manutenção preventiva. Evitando, assim, a manutenção corretiva.

Exemplos de Manutenção Corretiva

A manutenção corretiva ocorre em qualquer tipo de empresa. Afinal, em todos os lugares são necessários equipamentos, produtos e softwares para o bom funcionamento do negócio. Seguem alguns exemplos:

  • Reparo de emergência: reparos urgentes. Ex.: um elevador que fica parado entre um andar e outro, cheio de pessoas;
  • Falhas de serviço: restaurar serviços que estão inativos. Ex.: um problema no sistema que serve para os clientes efetuarem o pagamento em uma loja de roupas;
  • Reparar: reparar coisas que estão quebradas. Ex.: consertar uma máquina na linha de produção de carros;
  • Atuação: manutenção projetada para restaurar um ótimo desempenho. Ex.: manutenção em um serviço de software que está sendo executado lentamente;
  • Qualidade: corrigir má qualidade. Ex.: manutenção em um caminhão que está fazendo muito ruído, causando desconforto ao motorista.

Vantagens e desvantagens da Manutenção Corretiva

A manutenção corretiva é necessária para que o negócio siga em funcionamento. Ela também é importante para a segurança de funcionários, clientes e do meio ambiente. 

A sua principal vantagem está ligada ao fato de que restaura o bom funcionamento do equipamento e garante a manutenção da tarefa por ele desempenhada. No caso da manutenção preventiva, é útil para evitar a pausa do trabalho em virtude de falhas que podem ser previstas.

A desvantagem da manutenção corretiva é que costuma ocorrer de maneira imprevista, gerando urgência na resolução do problema. As falhas ocasionam prejuízos financeiros e de segurança. 

A manutenção corretiva costuma ser mais cara e trabalhosa do que a manutenção preventiva.

Aplicativos de Ordem de Serviço para manutenção

A uMove.me desenvolve aplicativos que auxiliam na manutenção e gestão do negócio.

O Aplicativo para Ordem de Serviço, por exemplo, auxilia na gestão de equipes em campo de diferentes segmentos. Aplicativo de Ordem de Serviço

Totalmente customizável, permite que a empresa desenvolva soluções para a coleta de dados visando o planejamento de manutenção preventiva. 

Entre as principais funcionalidades estão:

  • Checklist inteligente de execução das atividades; 
  • Acompanhamento da jornada da equipe externa
  • Geolocalização e cerca eletrônica; 
  • Gestão das visitas nos clientes;
  • Coleta de dados por texto, imagem, vídeo ou áudios;
  • Notificações via mensagens de push, SMS ou e-mail.
  • Central de Mensagem própria com montador, retaguarda e/ou cliente;
  • Dashboards atualizados em tempo real com dados da equipe.

Conheça mais funcionalidades do Aplicativo de Ordem de Serviço

Considerações sobre a Manutenção Corretiva

Vimos neste artigo que a manutenção corretiva é vital para evitar maiores prejuízos e riscos à segurança. Idealmente, no entanto, o melhor é trabalhar para que ela não seja necessária, pois acarreta paralisação do serviço e custos inesperados.

Uma boa forma de evitar imprevistos, é usar a tecnologia disponibilizada pela uMov.me para auxiliar a área de manutenção da empresa. 

Com o uso do Aplicativo para ordem de serviço, fica mais fácil prever a necessidade de conserto, troca ou atualização de equipamentos, softwares e produtos. Assim o negócio funciona de maneira mais segura, eficiente e rentável!

Agendar demonstraçao OS

Logística

Manutenção preventiva na logística: diminuindo custos e aumentando a segurança

Um dos maiores bens das empresas é a sua frota. No entanto, gerenciar a manuten...

Ordem de Serviço

O que é um plano de manutenção e porque é tão importante

Ter um plano de manutenção é fundamental para uma gestão de qualidade em qua...

FALE COM UM ESPECIALISTA

Conheça os potenciais da plataforma para a sua empresa.

QUASE LÁ!

Preencha os dados abaixo para garantir sua demonstração gratuita.