Era dos Dados: por que é tão importante apostar na gestão de dados

Na Era dos Dados, a informação é um dos principais ativos de um negócio. Entender o impacto dessas transformações na tecnologia e na tomada de decisões é fundamental para uma gestão eficiente!

Inteligência artificial, Machine Learning, Big Data, Deep Learning… a lista de termos e ferramentas tecnológicas trazidas pela transformação digital continua a crescer. 

Esses conceitos já fazem parte do dia a dia das empresas e executivos pelo mundo afora — na Era dos Dados, isso é inevitável. A gestão de dados é chave para melhorar a performance dos procedimentos, externos e internos, de qualquer negócio.

É por isso que aqui trazemos o essencial para entender todas essas mudanças e tornar a gestão mais orientada a dados. Confira a seguir!

O Brasil está na Era dos Dados? 

A ascensão do mundo digital é um dos marcos da última década — e foi o que impulsionou a cultura data-driven em que vivemos hoje.

Na Era dos Dados, obter informações, analisá-las e transformá-las em conhecimento para embasar estratégias é fundamental para a prosperidade de um negócio. Inclusive, esse ativo pautou as 12 tendências tecnológicas para 2022 listadas pelo Instituto Gartner, que é referência global.

O mundo deve chegar a 175 Zettabytes (175 bilhões de gigabytes) de dados produzidos até 2025, uma estimativa da consultoria IDC prevista em 2018. Ou seja, é claro que temos uma abundância de dados ao nosso dispor. A questão é saber como usá-los a nosso favor.

No Brasil, gestão de dados se mostra positiva dentro das fintechs. O sucesso dessas empresas no digital é claro — 40% dos 2,4 bilhões de dólares investidos em capital de risco no país estão nesse setor, segundo relatório da LAVCA.

Gestão de Dados no Brasil e a LGPD

Os resultados positivos também demonstram que, cada vez mais, o brasileiro tem acesso ao mundo digital.

Contudo, também precisamos mencionar o movimento de proteção de dados que já vem se fortalecendo em escala global há anos e é consolidado cada vez mais no país, principalmente após a instauração da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Por mais que haja um receio das empresas em aderir às novas regras, a legislação traz maior segurança para os negócios, que poderão manter a estratégia fundamentada em dados com o benefício de diminuir os riscos de vazamentos de dados e outras consequências prejudiciais.

A verdade é que o Brasil demonstra que está no caminho certo para a Era dos Dados. Pois, os resultados obtidos já representam um grande avanço para o país.

É assim que, aos poucos, mais companhias vão investir em iniciativas nacionais e desenvolver ainda mais o mercado tecnológico.

Gestão à vista: quais as vantagens e como implementar na sua empresa?

Por que a gestão dos dados é importante para as empresas?

A gestão de dados tem como objetivo administrar todas as etapas de uma empresa. Como captura, armazenamento, tratamento, depuração, análise e seu descarte, em níveis estratégicos, táticos ou operacionais.

Para isso, é necessário checar a composição dos elementos, verificar a consistência das informações e averiguar a procedência dos fatos. Essa organização é essencial.

Outra forma de segmentar as informações é a partir de dados estruturados e dados não estruturados:

  • O primeiro é referente aos dados que podem ser organizados em uma planilha, por meio de linhas e colunas. Esse tipo é encontrado em bancos de dados, como dados de clientes e índices de vendas, por exemplo.
  • O segundo é voltado para os dados que não podem ser organizados em uma planilha, como comentários em redes sociais, vídeos e conteúdos presentes em e-mails.

Compreendido como pode ser feita a gestão dos dados, é hora de saber a importância desta ação para as empresas.

Transformar dados em informações

A gestão de dados fornece subsídios para transformar dados em informações, que são o embasamento de estratégias para melhorar a performance dos processos internos.

Como comentamos, o investimento neste processo é reflexo do mundo informatizado em que vivemos. 

Por exemplo, o uso de Data Analytics (análise de dados) é fundamental para que a sua empresa tenha uma série de benefícios:

  • Aumento da produtividade
  • Redução de custos
  • Otimização de processos
  • Melhoria na experiência do usuário, entre outros.

Competitividade de mercado

Sendo assim, o Data Analytics auxilia a sua empresa a ter maior competitividade no mercado, criando uma vantagem perante a concorrência. 

Pois ao usar a gestão de dados como ferramenta para ter mais informações, é possível interpretar movimentos de mercado, se antecipar aos concorrentes e, consequentemente, tomar decisões mais assertivas.

SIPOC: conheça essa ferramenta e como aplicá-la no mapeamento de processos

Dados embasam as decisões

Ao apostar na gestão dos dados, você qualifica e embasa a tomada de decisão. Visto que, as medidas a serem tomadas serão baseadas em números concretos e não em achismos.

A consequência disso é a diminuição de erros humanos e escolhas que prejudicam a imagem da empresa.

Entretanto, novamente precisamos ressaltar que é imprescindível estar atualizado com a LGPD. Isso porque a má gestão dos ativos coletados pode representar um descumprimento da legislação, que pode levar a multas de até R$ 50 milhões

Como a Era dos Dados impacta na transformação digital das empresas?

Sem transformação digital corporativa, não há gestão de dados eficiente. É simples assim — e empresas que não possuem uma gestão orientada a dados não serão capazes de acompanhar o crescimento das demais.

Segundo pesquisa da Splunk a respeito da Era dos Dados, 47% dos entrevistados responderam que temem ficar para trás dos concorrentes. Além disso, 86% das empresas declararam que não estão prontas para essa nova era.

No entanto, 81% dos entrevistados entendem que os dados são “muito” ou “extremamente” valiosos para a organização. Ou seja, grande parte compreende a importância dessa gestão de dados.

Atualmente, temos seis tecnologias em ascensão: as redes 5G, a internet das coisas (IoT), a Inteligência Artificial (IA) e Machine Learning, realidade aumentada e virtual, blockchain e edge computing.

Todas essas inovações já estão sendo executadas por inúmeras empresas pelo mundo. A gama de utilização é tão grande que elas são aplicadas em diversos setores, como varejo, saúde, logística e agronegócio, por exemplo.

A gestão de dados, aliada a essas tecnologias citadas acima, tem um impacto gigantesco nas empresas. Quanto maior for a qualidade do seu banco de dados, maior será a sua chance de promover uma análise rica de informações. 

Contudo, analisar as informações produzidas e saber quais são mais relevantes para atingir os objetivos pretendidos é um passo importante. A gestão e depuração dos dados podem ser realizadas com o Machine Learning e Business Intelligence, por exemplo.

A verdade é que as empresas ainda estão se adaptando a essa transformação digital. Até mesmo as companhias que nasceram no meio tecnológico estão avaliando como executar essas ferramentas da melhor forma. Uma vez que encontrem o caminho certo, também vão encontrar resultados expressivos.

Saiba o que é BPM, como aplicar e quais são as boas práticas da abordagem

Como criar uma gestão orientada a dados? 

Até aqui te explicamos como funciona a Era dos Dados e os princípios de uma gestão orientada a esses ativos, mas você sabe como estabelecê-la na prática?

A gente te ajuda! A seguir vamos listar alguns passos essenciais para consolidar uma boa gestão dos dados na sua empresa.

1) Escolha uma metodologia de análise

O primeiro passo para ter uma gestão orientada a dados é escolher uma metodologia de análise adequada para a sua empresa.

Existem inúmeros modelos de frameworks e metodologias de análise que podem ser utilizados pela empresa para garantir soluções à problemática a ser acompanhada.

2) Conte com a ajuda de especialistas e de ferramentas

Porém, a qualidade dos dados é essencial para você conquistar resultados positivos. Por isso é importante contar com um profissional especializado em big data para ter maior assertividade na escolha da metodologia.

Selecionar as ferramentas para ajudar na leitura e interpretação de dados do seu negócio é outro passo primordial. Soluções tecnológicas integradas também auxiliam nesse processo, oferecendo informações repletas para as futuras análises.

3) Faça testes A/B e realize pesquisas

Efetuar testes A/B é outro passo que não pode ficar fora da gestão de dados. Os testes têm como objetivo comparar duas versões de um experimento para entender suas diferenças de funcionamento ou comportamento.

Assim como os testes, pesquisas frequentes para coletar dados são fundamentais para buscar soluções para as questões enfrentadas. Com o auxílio de especialistas e ferramentas indicadas, sua empresa deve construir, direcionar e concluir as pesquisas em equipe. Dessa forma, você otimiza a análise de dados.

4) Associe a sua estratégia de dados com sua estratégia de negócios

E principalmente, sempre relacione a sua estratégia de dados com sua estratégia de negócios. Pois, o foco é entender qual é o seu objetivo com a gestão de dados e como ela pode te ajudar.

Para o funcionamento ser positivo, essa gestão deve estar presente na empresa.

Assim, os colaboradores e profissionais envolvidos não terão problemas futuros de gestão.

Como os aplicativos auxiliam na gestão orientada a dados?

Até aqui você já entendeu que estamos vivendo na era dos dados e que empresas que desejam se diferenciar no mercado precisam investir nessa gestão, certo?Painel de Gestão à vista

E uma das maneiras de obter dados mais certeiros é investir em sistema para automatizar a coleta dos mesmos.

Sendo assim, os aplicativos de gestão de equipes, como os da uMov.me são excelentes para apoiar qualquer gestor que deseja apanhar dados.

Isso porque, de um lado eles podem ser utilizados pelos motoristas, promotores, vendedores e técnicos; e alimentados com todas as informações em tempo real. E do outro, os funcionários na retaguarda podem recebê-las e convertê-las em dados.

Por exemplo, no Aplicativo de Logística, os motoristas vão cadastrando as entregas realizadas e a retaguarda pode acompanhar isso em um painel de gestão. Sendo assim, é possível ter uma previsão de quantas entregas serão efetuadas no dia e se ocorrerão atrasos.

Considerações sobre a era dos dados

A gestão de dados é fundamental para a adaptação das empresas à velocidade do mundo digital em que vivemos hoje. 

Afinal, na Era dos Dados, ignorar esse ativo tão importante para a compreensão dos processos internos e do mercado simplesmente não é opção.

Pouco a pouco, diante da transformação digital, a gestão de dados se torna ainda mais presente no mercado. As ferramentas digitais já estão à disposição, o próximo passo é planejar e implementar no seu negócio!

Aplicativos uMov.me - Agendar demonstração

Destaques de Webinars e Eventos

Cultura data driven: a importância dos dados para o seu negócio

O que significa ter uma cultura data driven? E mais: como os dados podem ser uti...

Logística

Gestão logística: porque é importante e quais os benefícios de ter?

A gestão logística  é o ato de gerenciar objetivos, processos e tarefas no s...

FALE COM UM ESPECIALISTA

Conheça os potenciais da plataforma para a sua empresa.

QUASE LÁ!

Preencha os dados abaixo para garantir sua demonstração gratuita.