fbpx

Gestão de vendas e tecnologia: 5 ferramentas que ajudam a vender mais e melhor

Realizar a gestão de vendas de uma empresa não é (nem nunca será) uma missão fácil para nenhum gestor. Todavia, com a tecnologia nos processos e as ferramentas certas, você consegue ser assertivo e ágil no dia a dia em vendas.

Enxergar, controlar e agilizar vendas e equipe é algo que todo gestor persegue – ou ao menos deveria – diariamente em seus negócios.

Ter controle do que seus vendedores fazem, como eles fazem e quando eles fazem é algo necessário para conseguir otimizar processos, tempo, custos e, claro, garantir o sucesso do cliente com a sua marca desde o primeiro contato.

Empresas que conseguem isso, que têm sucesso na gestão de vendas, têm um fator em comum: a tecnologia.

A transformação digital do setor de vendas é essencial (e urgente) para conseguir não só melhorar os resultados comerciais como, inicialmente, manter-se relevante no mercado.

Todavia, somente com algumas ferramentas você conseguirá fazer a gestão de vendas completa: atrair, encantar, negociar, reter e fidelizar os clientes. Quer saber quais ferramentas você precisa?

Fique com a gente.

Boa leitura!

 

5 ferramentas para tornar a gestão de vendas eficiente e lucrativa

A gestão de vendas é efetiva, verdadeira e em tempo real quando você tem ferramentas que ajudam você. Lembra do que falamos acima sobre atrair, reter… certo?

Então, com os recursos certos, com um processo de vendas azeitado, com as etapas bem definidas, você conseguirá entregar o valor que o cliente em potencial precisa para confiar em você e na solução que você vende.

Por isso, essas ferramentas são importantes para a sua gestão de vendas ser eficiente e melhorar seus resultados:

 

1 – CRM

Se um gestor de vendas realmente quer enxergar, controlar e acelerar oportunidades e vendedores, a tecnologia precisa estar presente no processo comercial.

E somente um bom CRM tem as funcionalidades que as empresas precisam para produzir mais ao mesmo tempo em que reduzem os custos com a operação.

É com um software baseado em nuvem, que pode ser acessado de qualquer lugar que possua uma conexão com a internet, que as empresas conseguem:

  • ter lista com telefones, nomes e todas as informações importantes de seus contatos – com quantos campos customizados forem necessários;
  • ter o controle de todas as atividades das suas equipes, bem como o status das mesmas e a receita previsível, baseado na taxa de conversão, em cada etapa do funil;
  • acessar a agenda (diária, semanal e mensal) de atividades de todos os vendedores e pré-vendedores;
  • saber os principais canais de origem de leads e tê-los, automaticamente, dentro do funil que você configurou.
  • contar com integrações com plataformas de marketing, de atendimento, Facebook Ads Leads, WhatsApp para conseguir abordar os leads de maneira muito mais ágil;
  • definir os gestores de conta de cada um dos seus consumidores e administrar a carteira de clientes;
  • acelerar o fechamento de suas vendas, especialmente com assinatura eletrônica nativa dentro da plataforma, etc.

 

2 – Ferramenta para troca de mensagens

Trocar mensagens é algo que, constantemente, fazemos – seja na vida pessoal, seja na vida profissional.

Para fazer uma gestão de vendas correta, é preciso, claro, comunicar-se. Afinal, nem sempre é possível estar fisicamente presente, especialmente em época de home office de vendas forçado como durante a pandemia do Covid-19.

O WhatsApp é, obviamente, a primeira ferramenta que vem à sua cabeça, certo? 

Ele serve não só para que a força de vendas da empresa faça a comunicação entre si, como também para realizar a etapa de follow up dentro do funil de vendas, por exemplo.

Afinal, os clientes usam bastante o app, não será você que irá contra a maré, certo?

Mas há outras opções, especialmente para falar com a sua equipe. O Hangouts é uma delas – via chat e também videochamada na tela do email corporativo.

Desta forma, você agiliza os contatos que precisa fazer com a sua equipe, realiza sua reunião de vendas e ainda compartilha a tela do CRM para mostrar os indicadores relevantes, que tal?

 

3 – Plataforma de automação de marketing

Por mais que o vendedor não use-a diretamente, uma plataforma de automação de marketing é extremamente importante para a gestão de vendas de qualquer empresa.

Afinal, é através dela que você põe em prática as suas estratégias de geração de leads, com email marketing, landing pages, formulários, entre outros.

É por onde você oferece bons conteúdos, nutre os leads gerados e, quando eles estiverem prontos para compra, realiza a chamada “passagem de bastão”: o lead passa da equipe de marketing para a de vendas.

Portanto, ferramentas como RD Station, por exemplo, são tão importantes para a gestão de vendas: é através deles que você se relaciona, encanta e prepara o seu lead para a compra.

 

4 – Plataforma para videoconferência

Plataformas de para videoconferência como o Google Meet são essenciais para todo inside sales. Afinal, sua apresentação de vendas fica mais completa quando o cliente enxerga o que vai adquirir, certo?

A linguagem corporal é, aliás, um dos fatores que influenciam a compra – seja a do vendedor, seja a do cliente.

Portanto, não limite-se somente ao webphone (que veremos a seguir) ou à conversas por WhatsApp. Use a videochamada para suas demonstrações de vendas serem mais eficiente para que o lead avance pelo pipeline de vendas.

 

5 – Webphone

Uma boa gestão de vendas demanda, acima de tudo, assertividade e agilidade nos processos. Um deles, inerente a todo vendedor, é ligar.

O uso de um webphone integrado ao CRM permite aos gestores, vendedores e pré-vendedores toda a praticidade de abordar e negociar com o prospect de dentro da própria oportunidade no funil de vendas.

Mais do que isso: essas ferramentas, permitem que você tenha cada ligação com cada lead gravada – podendo atribuir uma avaliação positiva ou negativa para elas, o que será importante nos relatórios.

Isso é válido, acima de tudo, para os vendedores aprimorarem o discurso de vendas – e os SDR seu script de qualificação. O vendedor também pode estudar as chamadas que a pré-vendas teve com o lead para se preparar para a sua apresentação.

Assim, terá um poder de persuasão ainda maior, pois conseguirá ir diretamente na dor do cliente, mostrando de forma didática e consultiva como a solução vendida soluciona seus problemas.

É ou não é uma ferramenta de gestão de vendas poderosa para se ter junto ao seu CRM?

 

Obrigado por ler até aqui!

Para saber mais sobre como um CRM, com integrações com as principais ferramentas, ajudam as empresas a vender mais e melhor:








#RunPipeRun

*Este guest post foi escrito pelo CRM PipeRun.