Segurança de alimentos: o que é, como garantir produtos de qualidade e como a tecnologia ajuda

A segurança de alimentos garante a integridade dos produtos até chegarem à mesa dos consumidores. Todas as empresas devem seguir essa norma para garantir a prevenção de efeitos negativos à saúde das pessoas.

As empresas necessitam seguir um controle rigoroso de segurança de alimentos tanto por questões de saúde quanto para estarem em conformidade com as leis.

Receber o alimento seguro para o consumo e com as qualidades condizentes é uma exigência e direito do consumidor.

Por isso, é preciso implementar processos que cuidem da segurança de alimentos para garantir procedimentos adequados. Conheça mais sobre o assunto com o nosso conteúdo!

O que é segurança de alimentos

Esse conceito se refere a um conjunto de práticas que vão prevenir a contaminação dos alimentos. Dessa forma, ocorre a garantia do controle de qualidade dos produtos fabricados e comercializados.

O termo vem da expressão em inglês “food safety” e a intenção é promover a certificação de que são efetivamente saudáveis. 

Isso significa que o cliente pode consumir as comidas sem que essas o prejudiquem. Ou seja, estão livres de agentes químicos, biológicos e físicos que poderiam causar danos à saúde.

Inclusive, existe a ISO 22000 voltada ao assunto: uma norma internacional que busca padronizar os processos relacionados à segurança de alimentos

A normatização engloba todas as empresas envolvidas na cadeia alimentar (da “colheita à mesa”, também conhecido como “farm to fork”). 

Assim, define o termo como:

garantia de que o alimento não causará efeitos adversos à saúde do consumidor quando for preparado e/ou consumido de acordo com o uso pretendido.

Na prática, se as empresas conseguem manter boas práticas de segurança dos alimentos em toda cadeira produtiva, é possível evitar eventuais problemas que prejudiquem as pessoas e sua própria reputação.

Desafios da segurança de alimentos

O cenário da segurança de alimentos é complexo e manter padrões elevados de qualidade na linha de produção não é tarefa fácil.

A começar pelo conhecimento das normas: é preciso estar atento a todas as regulamentações vigentes, bem como às mudanças das leis que podem acontecer.

Outro ponto desafiador, é a criação da cultura institucional que promova o valor da segurança. Além da própria implementação de processos, é preciso construir pilares que impactam a forma como gestores e funcionários agem e interagem.

Os comportamentos e condutas praticados diariamente são fatores importantes em prol da cultura da empresa e em relação aos clientes e produtos oferecidos. É preciso ter um alinhamento entre objetivos de negócio e demandas do consumidor.

Fomentar essa cultura envolve o entendimento de todos da importância de uma linha de produção rígida e com condições sanitárias ideais.

Seguir os padrões específicos do setor alimentício, conforme cada categoria, também é trabalhoso.

As condições higiênico-sanitárias são um conjunto complexo de ações que envolvem controle de pragas, higiene e saúde de funcionários, qualidade da água, manuseio de resíduos.

Sim, são muitas variáveis possíveis. Por isso, é comum ter departamentos ou pessoas com funções específicas para zelar por essas questões. O que nem sempre é eficiente e pode consumir mais recursos do que necessários.

Por que as empresas devem investir na segurança dos alimentos

Investir na segurança dos alimentos se torna uma prioridade essencial para os negócios, mas por quê? Elencamos três pontos importantes abaixo!

1) Para se adequar a legislação

Implementar processos adequados à legislação não é apenas uma questão de reputação, mas uma obrigação para poder atuar no segmento escolhido.

De nada adianta o produto chegar até o consumidor se não estiver de acordo com as normas previstas.

Adotar a ISO 222000 e seguir boas práticas durante o manuseio  garante o oferecimento seguro e que não oferece riscos à saúde.

Gestão de qualidade e segurança de alimentos andam juntas com as leis! Um produto pode ter características satisfatórias de sabor e textura e mesmo assim não ser adequado para o consumo.

Ou seja, seguir as normas ajuda a empresa a ter processos seguros e eficientes.

Também é importante lembrar que, no Brasil, a regulamentação fica submetida especialmente às normas determinadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). 

2) Entregar mais qualidade aos seus clientes

Consequentemente, os clientes ficam mais satisfeitos com a qualidade dos produtos. Isso também favorece a confiabilidade e credibilidade da marca.

Então, isso aumenta a experiência dos clientes que podem ser fidelizados a partir disso.

Ninguém quer consumir algo sem segurança da sua integridade, não é mesmo?

3) Tornar o negócio mais competitivo

Seguir normas, regras e padrões de qualidade em todo processo de fabricação e entrega é muito importante. Mas também, é preciso apresentá-lo aos clientes: é possível utilizar a segurança de alimentos a favor do negócio!

As preocupações legais e éticas são cada vez mais exigidas e isso influencia na decisão de compra.

Além disso, a credibilidade não é apenas relevante por parte do consumidor, mas diante dos concorrentes, fornecedores e demais envolvidos nos processos.

Diferença entre segurança alimentar e segurança de alimentos

Além do termo segurança de alimentos, também existe o conceito de segurança alimentar que é bastante comentado e pode gerar confusões.

A diferença é que segurança alimentar se refere à implementação de políticas públicas. 

O intuito é garantir às pessoas o direito de acesso a alimentos de qualidade e com quantidades apropriadas para uma vida saudável e ativa, independente do lugar e da época.

Por outro lado, a segurança dos alimentos tem o propósito de garantir a qualidade do que é comercializado e consumido.

Como um aplicativo de checklist pode facilitar o trabalho

Oferecer produtos que estejam contaminados ou impróprios para o consumo é uma das maiores preocupações. Em especial, em estabelecimentos que lidam diretamente com a produção ou manipulação de alimentos como restaurantes.Aplicativo de checklist

É necessário estar atento às diversas etapas desses processos. Principalmente, a fim de reduzir ao máximo as chances de riscos e de prejudicar a saúde dos consumidores.

Nesse contexto, uma ótima solução é o Aplicativo de Checklist! De forma simples e eficiente é possível conferir todas as etapas relevantes para o processo de produção, manejo, entrega e estocagem.

Assim, fica mais fácil avaliar os riscos específicos de cada fase e desenvolver uma resolução imediata.

O checklist não é apenas uma maneira de listar os processos que devem ser conferidos: é uma ferramenta de avaliação de todas as etapas necessárias e de gestão de equipes.

Por isso, a uMov.me desenvolveu o Aplicativo de Checklist completo para empresas! Por conta da tecnologia no-code, possui campos customizáveis e possibilita atender  as necessidades operacionais de cada negócio.

Por meio da solução, o gestor gerencia a equipe em tempo real via dashboards. Além disso, pode distribuir as tarefas de acordo com a disponibilidade dos funcionários.

O Aplicativo de Checklist é um grande aliado para garantir a segurança de alimentos, pois com ele é possível criar campos para a conferência da qualidade dos alimentos, possibilitando a coleta de dados por diferentes meios (números, captura de imagens, vídeos e áudios).

Os checklists também são inteligentes e auxiliam com perguntas conforme as respostas anteriores. Dessa maneira, o tempo de trabalho é otimizado e a inserção de dados incorretos é diminuída.

Considerações sobre segurança de alimentos

A segurança de alimentos é um processo importante para empresas e indústrias do mercado alimentar e necessita de muita atenção. Qualquer descuido pode ocasionar riscos e danos aos produtos e à saúde dos clientes.

Por isso, a tecnologia é uma aliada que permite potencializar a qualidade dos processos que envolvem alimentos. Sobretudo, quando são utilizados checklists digitais, inteligentes e customizados.

A uMov.me desenvolve aplicativos de checklists que te auxiliam nos diferentes processos da empresa e na gestão de equipes, bem como na execução de atividades de ordens de serviço.

Aplicativo de Checklist Completo para sua Empresa!

Cases

Lebes qualifica montagem de produtos com apoio da tecnologia

A Loja Lebes, tradicional rede de varejo, investe em aplicativo de ordem de serv...

Aplicativos customizados

Aplicativo de checklist: como ajuda na gestão de equipes

Já pensou como a tecnologia pode ajudar do seu time? Entenda quais são os bene...

FALE COM UM ESPECIALISTA

Conheça os potenciais da plataforma para a sua empresa.

QUASE LÁ!

Preencha os dados abaixo para garantir sua demonstração gratuita.