O protagonismo feminino na gestão da logística brasileira

A Next Log reuniu um time de profissionais para conversar sobre o protagonismo feminino no setor logístico e como as mulheres estão, cada vez mais, presentes e a frente da gestão de grandes empresas das áreas.

Conquistar espaço no mercado de trabalho e ter as mesmas condições de salário, oportunidades e reconhecimento é uma luta constante de todas as mulheres que se empenham para que o protagonismo feminino seja cada vez mais forte.

Mesmo que a sociedade tenha evoluído em alguns aspectos, ainda existe muito preconceito e desigualdade em grande parte das áreas. Porém, no setor logístico as mulheres vêm ganhando cada vez mais espaço.

O protagonismo feminino na gestão da logística brasileira foi a pauta do webinário que teve transmissão ao vivo em março de 2021, o mês das mulheres.

O evento, realizado pela iniciativa Next Log, contou com articulação da uMov.me Arena, organização das empresas uMov.me, eSales e Mutuus Seguros e apoio do Sindicato das Empresas de Transportes de Carga e Logística no Estado do Rio Grande do Sul (SETCERGS).

No painel, cinco grandes profissionais mulheres:

  • Andressa Scapini Mezacasa, consultora jurídica interna na Scala Logística;
  • Caroline Marchioro, gerente comercial da Petrymar Transportes;
  • Gisiane de Souza Michellon, diretora da Nova Era Transportes Especiais;
  • Mirane Lima, customer success na eSales;
  • Sandra Lume Michelin, CEO da Mônaco Gestão em Documentação de Frotas.

Profissionais mulheres rompendo o conservadorismo no setor logístico

Quando o assunto é gestão de logística, a maioria das pessoas tende a imaginar homens ocupando esse cargo. Porém, é errado pensar que mulheres não podem comandar operadores, gerenciar estoques, corrigir falhas e tomar decisões importantes em uma empresa.

Um setor que antigamente era majoritariamente masculino, hoje caminha em direção à diversidade, pois mulheres têm conquistado, cada vez mais, os cargos de destaque na logística.

Segundo o relatório “Mulheres na gestão empresarial: argumentos para uma mudança”, da Organização Internacional do Trabalho (OIT), empresas com mulheres em postos de liderança têm melhor desempenho nos negócios.

O relatório mostra que quase três entre quatro empresas que promovem a diversidade de gênero em cargos de direção dizem ter obtido aumento de 5% a 20% nos lucros.

Protagonismo feminino na logística brasileira é pauta de webinar

Ao olharmos para o setor de logística, de acordo com um levantamento realizado na última edição da Transport Logistic, maior feira de logística do mundo, o setor ainda tem predominância masculina entre os seus profissionais.

Porém, esse cenário está em transformação. Segundo o mesmo estudo, a maioria das grandes empresas mundiais registra um aumento na contratação de mulheres e elas já ocupam 20% dos cargos.

As empresas familiares são a grande porta de entrada das mulheres no setor de logística, segundo Andressa Scapini. Contudo, a consultora logística afirma que o grande desafio da mulher é estudar, entender e se tornar autoridade naquilo que ela faz para garantir o reconhecimento.

Sandra Lume Michelin completa:

“Nós precisamos estudar muito e provar que somos boas no que fazemos. Com o passar do tempo vamos conquistando credibilidade no mercado e vamos sendo respeitadas não por sermos mulheres, mas sim pela entrega que fazemos.”

A contribuição da inovação e da tecnologia para a gestão logística

Caroline Marchioro comenta que é impossível falar de tecnologia sem falar em inovação e competitividade, pois nenhuma empresa investe em inovação sem o objetivo de gerar resultados e, consequentemente, se tornar competitiva.

Porém, a competitividade hoje em dia, não é mais sobre a quantidade de veículos que uma empresa tem ou a qualidade deles. Competitividade hoje é a capacidade que as empresas têm em se adequar rapidamente às novas mudanças que o mercado impõe.

Gisiane Michellon, complementa:

“As transportadoras estão buscando na tecnologia ferramentas para manterem vivos os seus negócios.”

A tecnologia em logística contribui para a gestão de todas as etapas da operação, como transporte de matérias-primas, armazenamento, estoque e distribuição.

Portanto, a gestão logística é essencial para que a empresa consiga atender todas as demandas de forma estratégica. Entre os benefícios da tecnologia na logística está a integração de processos, a diminuição de custos e erros e a agilidade nas coletas e entregas.

Leia também: Tecnologia em logística: como um aplicativo pode transformar seu negócio?

As novas ofertas e iniciativas para a geração de valor no setor logístico

Next Log é uma iniciativa colaborativa que reúne empresas, pessoas e entidades interessadas em potencializar o segmento de transportes no Brasil com objetivo de promover o desenvolvimento e a eficiência do setor.

A iniciativa surgiu com o propósito de fomentar a cadeia colaborativa e contribuir com o segmento de logística, levando soluções de inovação ao mercado. Desta forma, a iniciativa busca constantemente parceiros para que através dos seus serviços e produtos agreguem valor ao transporte.

Para as participantes do webinário, a Next Log gera oportunidade de trocas de boas práticas, quebrando paradigmas. É uma inovação que oferece a possibilidade de fazer melhor.

Andressa afirma:

“Nós precisamos disso, especialmente pelo perfil conservador que o setor tem. Não podemos esperar ser provocados pelos clientes, é preciso estar atento e oferecer soluções.”

Next Log tem o formato de um marketplace, que é uma tendência de consumo hoje. Para Sandra, a iniciativa contribui para que as pessoas encontrem fornecedores de uma maneira mais ágil.

A transformação digital na logística

Diante de todo o cenário imposto desde o início da pandemia de COVID-19, muitas mudanças ocorreram. O e-commerce, por exemplo, ampliou o nicho de mercado para o setor de logística.

Com isso, as empresas de transporte foram obrigadas a se readequar. Neste movimento, muitas empresas ficaram pelo caminho e as que estão se sobressaindo são, em sua maioria, aquelas que entenderam sobre a necessidade de uma transição entre a era analógica e digital.

Para se adequar à nova realidade, Caroline conta que a Petrymar Transportes investiu em retorno de informação e, consequentemente, em tecnologia, para melhor atender os seus clientes.

“O cliente já não está mais disposto a esperar dez ou quinze dias úteis para receber uma mercadoria comprada pela internet. Portanto, essa agilidade está fazendo com que as transportadoras tenham que se adequar cada vez mais à nova realidade.”

Protagonismo feminino: cinco mulheres representando milhares

Conheça mais sobre essas cinco mulheres que dedicam suas carreiras à gestão logística de empresas do setor:

Andressa Scapini Mezacasa, Consultora Jurídica Interna da Scala Logística

Protagonismo feminino: AndressaAndressa é Consultora Jurídica Interna na Scala Logística. Formada em Direito pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), Andressa tem Pós-Graduação em Gestão em Transportes pela FDC/SEST Senat/ITL (2020).

Em 2020, completou 15 anos de atuação junto ao setor de transportes rodoviários de cargas. Com desempenho voltado para o suporte jurídico interno, subsidia áreas de pessoal e operacional com maior ênfase, realiza a gestão dos processos administrativos e judiciais da empresa, elabora teses de defesa e atua em audiências e negociações, em conjunto com a assessoria externa.

A Scala Logística é a empresa da família de Andressa. Com a cisão do Grupo Scapini, com sede em Lajeado/RS, em 2015, sua família iniciou uma nova jornada na área, operacionalizando então a Scala Logística.

Hoje já é reconhecida no mercado por sua atuação focada em operações dedicadas, especialmente no transporte de toras de madeira para a indústria de celulose e o transporte internacional.

Caroline Marchioro, Gerente Comercial da Petrymar Transportes

Protagonismo feminino: Caroline

Caroline é Gerente Comercial da Petrymar Transportes. Administradora de empresas, ela é graduada pela Universidade de Caxias do Sul (UCS), Pós-Graduada em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas e com Especialização em Gestão Empresarial pela Fundação Dom Cabral.

Caroline trabalha no setor de transportes há 7 anos. Como Gerente Comercial da Petrymar Transportes, define-se como uma perseguidora incansável da melhoria de processos e resultados que reflitam no atendimento aos clientes.

A Petrymar Transportes atua no transporte rodoviário de cargas fracionadas há 35 anos, especializando-se nos trajetos de longos percursos, atendendo aos Estados do norte, nordeste, centro-oeste e sudeste do Brasil.

Transportando tanto cargas comuns quanto especiais, é reconhecida no mercado pela tradição no transporte aliado à inovação e qualidade dos serviços prestados. Como muitas empresas do segmento, é de origem e administração familiar, tendo o Sr. Moacir Marchioro, pai de Caroline, como um dos proprietários.

Gisiane de Souza Michellon, Diretora da Nova Era Transportes Especiais

Protagonismo feminino: GisianeGisiane é diretora da Nova Era Transportes Especiais, além de ser também diretora do SETCERGS. Formada em Comércio Exterior pela UNISINOS, tem Pós-Graduação em Gestão Empresarial e Pós-MBA em Negociação pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A Nova Era Transportes Especiais foi fundada pelo seu pai, há 30 anos, onde sua convivência na área de transportes e logística se faz desde criança. Há mais de 30 anos no mercado, é uma transportadora conhecida pela excelência na prestação de serviços no transporte de cargas especiais para todo o Brasil e Mercosul.

Já o SETCERGS, fundado em agosto de 1959, é o órgão de representação sindical patronal do transporte rodoviário de cargas com base territorial na maior parte do RS.

Em 61 anos de história, tem a missão de representar o segmento com ética, qualidade e responsabilidade social. É hoje o segundo maior sindicato do setor no país num estado que, de acordo com a Secretaria de Logística e Transportes, é o que mais depende da malha rodoviária no Brasil.

Mirane Lima, Customer Success da eSales

Protagonismo feminino: Mirane

Mirane é Customer Success na eSales. Especialista em transportes, atua há mais de 20 anos na cadeia logística de diversos segmentos. É graduada em Logística e aluna do curso de Pós-Graduação em Gestão de Frotas do Instituto Parar.

Além disso, Mirane contribuiu como voluntária no Projeto Pescar no ano de 2020 e também é idealizadora do 1º Happy Hour para Mulheres da Logística na Serra Gaúcha em 2019. 

Atuou por quase 5 anos como gestora de frotas pesadas, tanto na indústria quanto em transportadoras, como a Canoense Henrique Stefani, referência em carga líquidas no país.

Como embarcadora, esteve à frente de grandes operações em centros de distribuição com clientes como Natura e BRF Alimentos. Atualmente na e-Sales, atua coordenando o setor de Sucesso do Cliente na Regional Sul e conduzindo também a gestão da iniciativa Next Log.

Sandra Lume Michelin, CEO da Mônaco Gestão em Documentação de Frotas

Protagonismo feminino: Sandra

Sandra é CEO da Mônaco Gestão em Documentação de Frotas, empresa com 24 anos, especializada em gestão documental de veículos e condutores e serviços de despachante a nível nacional.

A CEO ainda é empreendedora e despachante documentalista há mais de 20 anos. Através da gestão documental já ajudou organizações como a Ambev, Souza Cruz, Philip Morris e Magazine Luíza a produzirem resultados financeiros significativos, sempre com foco na conscientização e humanização do trânsito nas empresas.

À frente de inúmeros projetos de tecnologia ligados à gestão de frotas, comanda uma empresa essencialmente feminina, com uma equipe de mais de 70 pessoas, composta 80% por mulheres, sendo 48% mães e 86% de mulheres no corpo de gestão.

A Mônaco Gestão em Documentação de Frotas oferece serviços de despachante a nível nacional, tanto para pessoa física como para empresas de todos os portes e com qualquer tipo de veículo.

Além disso, faz a gestão completa de notificações, multas e de CNHs para as frotas. A empresa é reconhecida no mercado pela expertise em atender os mais diversos segmentos.

O webinário sobre o protagonismo feminino na gestão da logística brasileira agradou as pessoas que acompanharam o evento ao vivo:

Protagonismo feminino

Assista ao evento sobre protagonismo feminino na logística na íntegra em nosso canal no YouTube!

A iniciativa Next Log: por um setor mais colaborativo

Next Log é uma iniciativa colaborativa que reúne empresas, pessoas e entidades interessadas em potencializar o segmento de transportes no Brasil.

Liderado pela uMov.me e eSales, o projeto promove ainda o desenvolvimento e a eficiência do setor por meio da colaboração abrangente em torno de conteúdo, serviços e construção de comunidade.

Saiba detalhes sobre a Next Log

Confira os webinários da Next Log

O protagonismo feminino é apenas uma das pautas abordadas nos webinários da Next Log.

Desde o lançamento em janeiro de 2021, a Next Log já promoveu diversos eventos sobre o segmento de logística, com temáticas que vão desde a digitalização dos processos logísticos até a importância da última milha.

Confira os eventos já realizados pelo projeto:

Trade Marketing

Gestão da Logística no Trade Marketing: saiba a importância

As áreas de trade marketing e logística estão interligadas e podemos provar. ...

Logística

Gestão logística: porque é importante e quais os benefícios de ter?

A gestão logística  é o ato de gerenciar objetivos, processos e tarefas no s...

Assine nossa newsletter

Tenha acesso aos nossos principais posts diretamente em seu email.

A mensagem foi enviada.