Mundo VUCA e o conceito de liderança

48062669581_a3d01676be_b
Preencha os dados abaixo para garantir uma demonstração gratuita:
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter

Em um tempo marcado pela revolução tecnológica, falar sobre lideranças é fundamental dentro das empresas. E foi justamente esta a reflexão feita no episódio “Liderança 4.0 na Revolução Tecnológica – Como liderar no mundo VUCA (volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade)”, da série Liderança 4.0 do Dito Efeito/Pacto Alegre, que aconteceu no dia 22 de maio de 2019 na uMov.me Arena.

A curadora do evento, Flávia S. Fiorin, executiva do Tecnopuc, iniciou o debate destacando a importância de novos perfis de lideranças nos atuais ambientes organizacionais. 

Flávia falou ainda sobre a complexidade do contexto mundo VUCA (volatility, uncertainty, complexity e ambiguity) e o papel fundamental dos líderes 4.0 em um mundo onde tudo muda o tempo todo. 

Mundo VUCA e os novos modelos de liderança

Mundo VUCA Luis Fernando

Luís Fernando Saraiva, diretor nacional de Pesquisa e Desenvolvimento da Hewlett Packard Enterprise.

O palestrante Luís Fernando Saraiva, diretor nacional de Pesquisa e Desenvolvimento da Hewlett Packard Enterprise, trouxe de uma forma muito leve e atual a reflexão inicial acerca do novo modelo de liderança. Para ele “a liderança não é um jeitinho, não é um aspecto inato. Ela precisa ser preparada”. Tal afirmação leva em conta o novo contexto das empresas, onde coexistem gerações vivendo suas diversidades e lideranças presas nas antigas hierarquias e modelos organizacionais.

As organizações do século XXI necessitam de líderes transformadores e de estruturas que priorizem a liderança, valores e cultura como base da pirâmide. Estes novos protagonistas precisam passar por um processo de transformação para então transformarem. Precisam lançar olhares cuidadosos sobre as pessoas e assim somar competências.

Outro aspecto que Luís trouxe foi o chamado custo humano. Para ele, é necessário fazer uma comparação entre jornada e objetivo e entender o quão satisfatório (ou não) está sendo o caminho trilhado para o atingimento de metas. “Não faz sentido 364 dias de desgraça para 1 dia de objetivo atingido”.

Por fim, o resultado de lideranças bem formadas reflete em uma organização leve, eficiente e ágil, baseada em um comprometimento distribuído entre todos; metas claras e confiança e novos questionamentos e pesquisas. 

 

A Ambidestria Organizacional e a Liderança Autêntica

Mundo VUCA Patrícia Fagundes Cabral

Patrícia Fagundes Cabral, professora do Programa de Pós Graduação em Gestão e Negócios da Unisinos.

Complementando e finalizando as reflexões sobre Liderança 4.0, a professora do Programa de Pós Graduação em Gestão e Negócios da Unisinos, Patrícia Fagundes Cabral, trouxe o significado de “falar de liderança”. Para ela, “falar de liderança é falar de pessoas singulares e de mundos peculiares. É olhar para quem eu falo”.

Ao discursar sobre a Teoria da Complexidade, de Edgar Morin, Patrícia abordou dois conceitos importantes nesse novo cenário: a Ambidestria Organizacional e a Liderança Autêntica

Considerar como certos os diferentes olhares é, basicamente, sobre o que fala a Ambidestria Organizacional. Este termo se define como a “capacidade de gerenciar paradoxos, em uma realidade complexa, e simultaneamente alcançar objetivos potencialmente divergentes ou mesmo contraditórios”

Atrelada a este conceito, Patrícia apresentou a liderança de uma forma autêntica em que prevalece o forte senso moral e ético; a capacidade dos líderes de serem verdadeiros consigo mesmos e inspirarem confiança e otimismo; e o propósito conectado a (auto) consciência e o senso de presença. Para Patrícia, em um contexto volátil, incerto, complexo e ambíguo, o senso de presença é um dos maiores desafios para os líderes de hoje.

Painel: Liderança 4.0 na Revolução Tecnológica – Como liderar no mundo VUCA

A partir do painel de perguntas, o encontro foi enriquecido com reflexões entre os convidados e os participantes. Confira:

Dito Efeito, valorizando o conhecimento cocriado

Transformação digital e humana. Este é o propósito do Dito Efeito – uma iniciativa do Pacto Alegre e que oferece conhecimento de forma gratuita a um grande número de pessoas.

Ao longo do projeto, são dezenas de eventos que trazem à comunidade temas voltados ao desenvolvimento social, cultural e econômico do RS. Conteúdos relevantes, excelentes profissionais e um ambiente moderno são os ingredientes para esse projeto de sucesso.

Conheça mais sobre o projeto e participe dos encontros:

Faça parte da uMov.me Arena, colabore com a transformação a partir da inovação social em rede!

Inscreva-se no nosso canal do YouTube e acompanhe o conhecimento já cocriado no Dito Efeito e fique por dentro do que estamos preparando.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter

Agende uma Demonstração Gratuita

Preencha os dados abaixo e confira como será o aplicativo da sua empresa.

dashboard-gerencial-app-umovme