Entenda como elaborar estratégias de Trade Marketing eficientes

Indústrias e empresas produtoras de todo o Brasil têm necessitado cada vez mais de estratégias inteligentes para garantir o sucesso de sua marca junto ao público. Nesta jornada estratégica, o Trade Marketing é, sem dúvidas, o caminho mais curto e efetivo para obter um índice crescente de vendas sem deixar de lado a satisfação e os objetivos dos distribuidores do seu produto.

Se você ainda não sabe como elaborar estratégias de Trade Marketing que tragam resultados reais para sua indústria e seus canais de distribuição, acompanhe as dicas do nosso texto de hoje.

Planejamento combinado

O Trade Marketing é um modelo de estratégia bilateral, ou seja, que considera os objetivos e as necessidades de, pelo menos, duas empresas ao mesmo tempo. Assim, a etapa de planejamento deve considerar as metas, as expectativas e as características não só da empresa produtora, mas também da empresa distribuidora.

Em um exemplo prático, suponhamos que uma indústria de laticínios queira melhorar suas vendas. Para alcançar este objetivo, ela precisa conhecer com antecedência o volume de vendas do seu distribuidor, sua área de atuação, as características do público em seu entorno, entre outras variáveis que possam influenciar a aceitação do seu produto pelo consumidor final.

Da mesma forma, o distribuidor precisa compreender até que ponto as estratégias do produtor contribuirão para o seu sucesso. A etapa de planejamento deve, portanto, alinhar as expectativas e os objetivos de crescimento de ambos os negócios, de modo a criar uma valiosa parceria para enfrentar com vantagem a concorrência.

Mobilidade na execução do Trade Marketing

Com os objetivos alinhados, é chegada a hora de elaborar as estratégias práticas de Trade Marketing. Nesta etapa, o ponto de venda se tornará o protagonista, já que a grande meta deste modelo de marketing é surpreender o consumidor final e aumentar as chances de aquisição do seu produto.

Para garantir a execução perfeita da estratégia, é crucial contar com aplicativos que facilitam a organização de informações e a comunicação dos promotores de venda. Quando cada membro da equipe possui em seu dispositivo móvel um app específico para Trade Marketing, é possível atualizar dados de preços, estoque, tempo de saída de produtos, entre outras informações coletadas em campo.

Assim, a elaboração de feedbacks será mais prática e consistente, facilitando a gestão no ponto de venda e a mensuração de resultados.

Abordagem multimídia

Embora o ponto de venda seja o cenário da tomada de decisão do consumidor, é importante ressaltar que a sua jornada de compra começa muito antes de sua entrada no supermercado, na loja ou no show room. Na verdade, o consumidor moderno já projeta suas intenções de compra estando ainda em casa, no trabalho ou na rua, pesquisando na internet alguma promoção, sugestão de alimentos, cosméticos, lâmpadas ou qualquer outro produto que ele esteja precisando.

Deste modo, as estratégias de Trade Marketing não devem se limitar ao ponto de venda, uma vez que o consumidor já tem o primeiro contato com o produto no celular ou no notebook, por exemplo. O ideal é desenvolver uma abordagem multimídia que considere os espaços digitais como uma extensão do ponto de venda, estreitando assim o relacionamento entre a marca e o consumidor.

É importante ressaltar, por fim, que a execução de estratégias de Trade Marketing depende de uma plataforma tecnológica que registra o andamento e os feedbacks da ação tanto para o produtor como para o distribuidor. Somente assim será possível acompanhar e avaliar os resultados de cada tática e prosseguir com o objetivo em comum.

Pronto! Entendeu como elaborar estratégias de Trade Marketing para o seu negócio? Compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais.