Mercado de TI: mesmo com inseguranças, estudo aponta que setor continua crescendo

Com o recorde histórico de 23.0% de crescimento durante 2021, o mercado de TI no Brasil está progredindo ainda mais. Confira como a pandemia do Coronavírus continua impactando o setor e as perspectivas para 2022.

O seu negócio de tecnologia busca insights sobre o mercado de TI para planejar suas estratégias e conseguir tirar proveito das oportunidades? Então você está no lugar certo!

Em fevereiro de 2022 o estudo Trimestral do Mercado Brasileiro de TI, criado pela Advance, foi lançado e, com ele, há novos dados sobre a percepção de empresários do ramo e as tendências para os próximos anos.

Destacamos alguns pontos a seguir.

Em 2021 o mercado de tecnologia cresceu ainda mais

De acordo com Dagoberto Hajjar, CEO da ADVANCE Consulting, essa é a palavra-chave para identificar o ano de 2021: platô  um plano elevado e do ponto de vista de TI significa 3 ou 4 anos de crescimento muito parecido”.

“2021 bateu o recorde histórico com 23.0% de crescimento no mercado brasileiro de TI. O terceiro trimestre de 2021 superou todas as expectativas atingindo recorde histórico de 27,5% de crescimento comparado com o mesmo período do ano anterior”.

Confira outros motivos que contribuíram para o crescimento do mercado de tecnologia em 2021, segundo o estudo

  • Crescimento de empresas é nítido: 29% delas entre 15 a 29%; 23% dos negócios superando a marca de 30%. Isso significa um número insignificante de empresas com retração (essa é a primeira vez que isto acontece desde o início do estudo em 2008).
  • Trabalho remoto levou o cliente a optar por compras em uma grande empresa de um grande centro, ao invés de comprar de uma empresa menor da sua vizinhança, por exemplo.
  • Ainda sobre o crescimento de empresas, uma surpresa: os negócios maiores cresceram bem mais do que os menores.
  • Os modelos de negócio das empresas também foram impactados – em 2021 elas passaram a investir mais em profissionais com conhecimento de marketing e vendas digitais, buscando novos clientes por meio de mensagens ainda mais atraentes.
  • Contratação de profissionais de TI em alta! Em 2021 apenas 5% das empresas estavam demitindo contra 72% contratando.
  • Consolidação do mercado de tecnologia em nuvem (também conhecido como cloud): a venda de hardware vem reduzindo ano-a-ano em contraponto ao crescimento de IaaS, enquanto a venda de software tradicional vem reduzindo ano-a-ano em contraponto ao crescimento de SaaS. 
  • Falta de mão de obra fez e ainda faz as empresas estão buscando processo e automatização para conseguir atender a alta demanda.

Todos esses itens foram consequência de um ano marcado pela pandemia (2020) e seus impactos, o que fez muitas empresas repensarem seus formatos de trabalho.

“A pandemia exigiu que as empresas usassem tecnologia para sobreviver, por exemplo, para as escolas seria impossível continuar a ganhar dinheiro sem usar a tecnologia para lecionar para seus alunos, idem para o varejo.”

As previsões para o mercado de tecnologia em 2022

Segundo os empresários de TI entrevistados, o principal desafio de 2022 será exatamente isso: as vendas do negócio, seja para aumentar as vendas diretas e indiretas (31%) ou aumentar a eficiência de vendas (planejamento, processo, metodologia, treinamentos, gestão) (21%).

Outros desafios também terão seu foco durante o ano, como:

  • Inovação – criar novos produtos, serviços, modalidade comercial ou formas de atendimento 6%;
  • Recursos Humanos – atrair e reter talentos 20%;
  • Recursos Humanos – gerenciar e aumentar a eficiência dos talentos 5%;
  • Marketing / SDR – melhorar a geração de oportunidades (leads) 5%

Dando um overview sobre a previsão para 2022, Hajjar afirma que o ano será marcado por “campanha eleitoral muito intensa, com investimentos altos em marketing e redes sociais, muito polarizada e com MUITOS “stakeholders” (interessados) divulgando previsões exageradas…”.

Isso resultará em “muita insegurança quanto à economia, inflação e câmbio” e fará os clientes postergarem as decisões.

“As empresas terão que usar marketing e equipe de vendas para “destravar” os clientes, mostrando que os investimentos devem ser feitos agora! Os vendedores terão que usar técnicas especiais para acelerar o processo de decisão.”

O crescimento do mercado de TI será ainda maior em 2022 do que no ano anterior

Levando em consideração acontecimentos como eleições, Copa do Mundo e inflação, o estudo afirma que 2022 será um ano de crescimento recorde de 24,5%.

No entanto, o empresário de TI que quiser crescer ainda mais tem chances de ter sucesso – só será necessário um modelo de trabalho focado em: 

  • Convencer os clientes a não se contaminarem com as notícias de política e eleições, e adquirirem tecnologia para sobreviverem e crescerem;
  • Implementar processos e metodologias para conseguir aumentar a eficiência em vendas;
  • Redesenhar marketing para ser um grande aliado de vendas, usando “técnicas que realmente funcionam”;
  • Entender que atração e retenção de talentos não é uma tarefa de RH, mas sim parte da cultura da empresa inteira.

Segurança em nuvem também terá destaque

Segundo o estudo, existe grande interesse das empresas de tecnologia tradicional (hardware e software) migrarem seus modelos de negócios para cloud, mas existem muitas dúvidas em “como fazer” a transição.

Hajjar enfatiza que “o mercado de nuvem teve crescimento acima de 40% em 2020 e 2021, e deverão continuar assim por mais 2 anos”. Ele afirma:

“Os desenvolvedores de aplicativos terão que entender e analisar o contexto onde o usuário está. Teremos uma evolução gigantesca em propagandas contextuais e em segurança. Teremos dispositivos em toda a agricultura enviando dados.” 

Em média, o crescimento será de 24,5% com os destaques:

  • Empresas de IaaS com crescimento previsto de 36,0%
  • Empresas de SaaS com crescimento previsto de 32,0%
  • Empresas de PaaS com crescimento previsto de 22,5%

O 5G também é citado como grande aposta para o ano por Hajjar:

“É uma mudança financeiramente difícil, mas o cronograma está como previsto. Em Julho já teremos 5G nas principais capitais do Brasil mudando, significativamente, a forma como as empresas falam entre si e com os seus consumidores.”

Falta de mão de obra

Neste momento a falta de mão de obra atingiu níveis críticos e está fazendo com que várias empresas estejam com o seu crescimento limitado. Faltam bons programadores, desenvolvedores, vendedores, profissionais de marketing, administrativo e financeiro.

Hajjar explica que “as empresas de hardware estão sentindo menos, mas as de software e software como serviço estão sendo altamente impactadas”. 

O que muitas empresas estão fazendo para minimizar o impacto: 

  • Atração com melhor discurso de marketing sobre a empresa;
  • Retenção com melhores benefícios;
  • Treinamento e capacitação interna;
  • Programa para estagiários, jovens aprendizes e hackatons;
  • Parceria com universidades e centros de ensino.

Hajjar alerta que ainda são poucas as empresas que utilizam a tecnologia para minimizar o impacto da falta de mão de obra. Ele elenca o que esses negócios estão fazendo:

  1. Criando processos, procedimentos e documentação para replicar atividades
  2. Automatizando e usando intenso de software para aumento de produtividade
  3. Robotizando os processos e atividades, além de usar Inteligência Artificial nas operações.

Considerando que a tecnologia é uma aliada para empresas que buscam padronizar seus processos, aplicativos criados em plataforma no-code se tornam uma boa opção para customizar soluções de acordo com a regra do negócio.

Além disso, existem iniciativas que buscam novos talentos para a carreira de tecnologia, como é o caso da +prati.

Para relembrar: o impacto da pandemia no mercado de TI em 2020

De acordo com o relatório da Advance sobre 2020, o sucesso no mercado de TI já era visível no primeiro trimestre, registrando 7,5% de crescimento se comparado ao mesmo período de 2019.

Enquanto no segundo, considerado historicamente como o mais fraco entre os trimestres, o crescimento tímido de 5,1% aconteceu mesmo com o início da pandemia, em março.

A grande surpresa veio no terceiro trimestre com 10,3% de crescimento, tornando o acumulado dos meses de janeiro a setembro em 8,2%. Além disso, a pesquisa calculou uma previsão para o final do ano de 9,5% de crescimento, sendo que a expectativa de crescimento era de 20% antes da crise.

A pandemia do Coronavírus teve diferentes níveis de impacto nas empresas do mercado de TI.

O estudo constatou que 65% das empresas tiveram crescimento no acumulado de janeiro a setembro de 2020, no entanto 25% das empresas manifestaram retração, que significa menores resultados se comparado ao mesmo período de 2019.

Sobre a Advance e sua pesquisa

A  Advance é uma empresa de consultoria e treinamento em gestão, marketing, vendas e canais. Sua especialidade é em empresas de tecnologia da informação e telecom.

Desde 2008, a Advance produz, trimestralmente, uma pesquisa sobre o mercado de TI para analisar a percepção dos empresários com o momento de mercado. Esse estudo permite constatar dados históricos para estabelecer algoritmos de tendências e, assim, ajudar a estabelecer previsões.

Para o estudo Trimestral do Mercado Brasileiro de TI, 435 empresas foram entrevistadas no final de janeiro de 2022, coletando dados de 2021 (em especial do quarto trimestre do ano).

Confira a pesquisa na íntegra!

Considerações sobre o crescimento do mercado de TI

A pesquisa da Advance comprova que a tecnologia é um dos segmentos que mais crescem com ou sem pandemia e que se aproveitar de suas ferramentas é essencial para a evolução das empresas – quiçá mais lucro também.

Para quem quiser usar a tecnologia a seu favor, a uMov.me possui uma plataforma de criação de aplicativos para diversos segmentos. Com ele você pode automatizar processos, analisar os dados do seu produto de forma dinâmica e ainda gerir equipes remotas por todo Brasil.

Vamos conversar? Nossos especialistas estão prontos para demonstrar os aplicativos uMov.me na prática para sua empresa!

Negócios e Tecnologia

Mercado de aplicativos: tendências e insights

O mercado de aplicativos segue em expansão, acompanhando a consolidação do us...

Negócios e Tecnologia

Criação de aplicativos mobile: por que investir neste mercado?

O mercado de criação de aplicativos deu um salto nos últimos 10 anos, de pequ...

FALE COM UM ESPECIALISTA

Conheça os potenciais da plataforma para a sua empresa.

QUASE LÁ!

Preencha os dados abaixo para garantir sua demonstração gratuita.