Por que calcular a margem de lucro do negócio? - uMov.me

Por que calcular a margem de lucro do negócio?

Usada para avaliar a saúde financeira de uma empresa, a margem de lucro é um dos indicadores financeiros mais importantes. Basicamente, é o percentual obtido da relação entre o lucro bruto e a receita total. 

Em outras palavras, ela é a porcentagem do preço de um produto ou serviço que corresponde ao lucro do negócio. É indispensável que organizações tenham a sua margem de lucro bem definida.

Neste artigo, você entenderá melhor a importância dela, assim como a regulação dela pelo PROCON. Além disso, aprenderá como calcular diferentes margens de lucro: bruta, líquida e operacional. 

Continue a leitura e bom aprendizado!

O que é margem de lucro

Para aprofundar o conhecimento sobre margem de lucro, é necessário esclarecer o significado de lucro. O lucro é a diferença entre o faturamento das vendas e os custos da produção de um produto ou serviço executados.

Para definir essa explicação em uma equação, podemos determinar como: 

Lucro bruto = Receitas totais – custos

Já a margem de lucro é a porcentagem do preço de um produto ou serviço que corresponde ao lucro da empresa

Como mencionado anteriormente, existem diferentes tipos: a margem de lucro bruto é o percentual obtido da relação entre a receita total e o lucro da sua empresa. Também existe a margem de lucro líquida e a operacional, que veremos adiante. 

Por que definir a margem de lucro da sua empresa?

Considerada um indicador da saúde financeira de uma empresa, definir a margem é indicado para todos os tamanhos de empresas. Os dados obtidos auxiliam na melhor administração dos preços e demais operações. 

Ao verificar qual a margem praticada pelo seu mercado de atuação, será possível precificar melhor seus produtos/serviços e entender melhor o desempenho da empresa.

Além disso, para calcular o valor de um produto ou serviço, é importante realizar o planejamento levando em consideração os custos e as despesas. Portanto, a margem de lucro auxiliará a visualizar melhor os números destas operações e a obtenção de um preço justo e de acordo com o praticado no mercado. 

Lembre-se de que é importante fazer o cálculo conforme a gestão financeira do seu negócio, e analisar de forma estratégica quais os valores de entrada e saída.

Como fazer o cálculo da margem de lucro?

Para explicar melhor como fazer o cálculo vamos a um exemplo: uma empresa vende um determinado produto por R$ 200,00 e o custo direto desse produto, é de R$ 50,00 (gastos usados diretamente para produção, como matéria prima, por exemplo). 

Existem também as despesas para serem calculadas. Elas se referem aos outros gastos da empresa, como aluguéis, manutenção, segurança etc. que são rateados para se descobrir o quanto desse valor é “gasto” para fazer o produto ou entregar o serviço. 

Neste exemplo, vamos considerar que o valor dessas despesas também seja de R$ 50,00. Sendo assim, para calcular a margem de lucro, você deve subtrair os gastos do preço final, dividir por esse mesmo preço final e multiplicar por 100.

Para auxiliar na fórmulas, cada valor possuirá uma sigla:

  • ML = Margem de Lucro
  • C = Custos
  • D = Despesas
  • P = Preço do produto ou serviço

Com isso definido, a fórmula para calcular é a seguinte:

  • ML = {[P – (C + D)] / P]} x 100

Substituindo os valores de nosso exemplo na fórmula, temos:

ML = {[200 – (50 + 50)] / 200]} x 100
[200 – (100)] / 200] x 100
(100 / 200) x 100
0,5 x 100
ML = 50%
Essas são informações sobre os lucros, necessárias em situações que precise ser informada a lucratividade da empresa, como apresentar a bancos, investidores entre outros.

Agora, o desafio é você aplicar o cálculo em algum produto ou serviço do seu negócio! Mas antes, entenda mais sobre outros tipos de margem de lucro.

Qual a diferença entre margem de lucro líquida, bruta e operacional

Neste tópico, você entenderá melhor sobre os três tipos de margem de lucro, conceitos importantes para praticar com eficiência.

Líquida

Neste indicador, é necessário abater, além dos custos de execução:

  • Impostos sobre o faturamento;
  • Encargos e tributos de folha de ponto e outros;
  • Aluguel e contas de manutenção do espaço físico;
  • Despesas mensais e;
  • Despesas com pessoal.

Dessa forma, a margem de lucro líquida é o lucro bruto, menos as tributações e despesas físicas variáveis. A fórmula para o cálculo de margem líquida é:

Margem líquida = Lucro líquido após os impostos / Receita total x 100.

Veja na prática:

  • Receita total: R$100.000
  • Custos de execução dos serviços: R$20.000
  • Impostos: R$ 3.000
  • Despesas fixas e variáveis: R$ 4.000

Assim, chegamos ao resultado:

Lucro líquido: R$100.000 – R$20.000 – R$ 3.000 –  R$ 4.000 = R$ 73.000

Margem de lucro líquida: R$73.000/R$100.000 = 0.73 x 100 = 73%

Bruta

A margem de lucro bruta é a mesma coisa que apenas margem de lucro. Portanto, é o percentual obtido da relação entre a receita total e o lucro da sua empresa. 

No tópico anterior, explicamos como calculá-la e a sua importância!

Operacional

Baseada nas despesas operacionais, a margem de lucro operacional é calculada subtraindo da receita total todas as despesas comerciais. Despesas comerciais são todas aquelas que permitem o funcionamento do negócio e da operação.

Estas incluem desde os custos com relação à produção, até mesmo os casos de depreciação de máquinas. Você consegue pensar em exemplos de despesas operacionais do seu negócio?

Como a Lei regula a margem de lucro?

Você sabia que a lei protege os consumidores de números abusivos em cima da margem de lucro das empresas?

Ou seja, ter uma boa margem é fundamental para o crescimento do seu negócio, no entanto, os consumidores são protegidos por uma lei de preços abusivos.

É o PROCON o órgão que fiscaliza esse tipo de operação. Eles definem que uma margem é abusiva quando o valor cobrado ao consumidor final é 20% acima do valor que os pontos de vendas pagaram pelo mesmo produto ao distribuidor.

Então, esteja atento! Estar dentro da lei também faz parte da saúde da sua empresa.

Cada nicho possui variáveis muito específicas, porém, podemos considerar algumas porcentagens de base para cada ramo: 

  • de 20% a 30% para serviços;
  • de 15% a 20% para comércios e;
  • de 8% a 12% para indústria. 

Uma empresa pode definir sua margem de lucro através de diferentes práticas. Enquanto uma pode trabalhar com margens de lucro menores, mas com alto volume de vendas, outra pode vender menos, com margem de maior.

Outros indicadores relevantes para as vendas

Durante este artigo abordamos mais sobre margem de lucro, mas existem outros indicadores que impactam na saúde financeira de uma empresa! Entenda mais sobre margem de contribuição e markup.

A partir do cálculo da margem de contribuição, é possível precificar melhor os produtos. A margem de contribuição trata-se do valor que sobra da receita após deduzir os custos e despesas. É um indicador que visa garantir o lucro após a venda do produto.

Por último, mas não menos importante, há o markup. Através do markup, você saberá qual o lucro bruto obtido em uma venda, que é uma porcentagem sobre o preço de custo.

Seu cálculo é realizado a partir da diferença de custo entre o preço de venda e o de custo do produto. Com este indicador, a precificação torna-se mais precisa e garante o faturamento para cobrir os gastos.

Considerações sobre margem de lucro

Com este artigo, ficou ainda mais claro a importância de definir a margem de lucro de sua empresa. Por mais que seja difícil adquirir os dados de início, realizar o cálculo correto pode mudar positivamente o rumo do seu faturamento!

Para alcançar metas e ter resultados excelentes, devemos nos atentar não somente a indicadores. Também é fundamental desenvolver um time capacitado e produtivo.

É possível aumentar a produtividade de uma equipe de vendas com muito planejamento e ação. Além disso, podemos contar com tecnologias que ajudam na jornada da sua equipe de vendas.

Como o Aplicativo de Força de Vendas, que auxilia na gestão de vendedores externos, com transparência e processos mais ágeis!

Controle de Jornada Equipei de Vendas - SPIN Selling

Força de Vendas

Força de vendas: o que é e como utilizar para diferenciar seu negócio

Gerar valor e impactar positivamente os consumidores é um dos principais objeti...

Força de Vendas

O que é a Margem de Contribuição? Do conceito ao cálculo para precificar produtos e obter lucro

Margem de contribuição é um indicador econômico-financeiro obtido pela difer...

FALE COM UM ESPECIALISTA

Conheça os potenciais da plataforma para a sua empresa.

QUASE LÁ!

Preencha os dados abaixo para garantir sua demonstração gratuita.

Pular para o conteúdo