Transporte multimodal e intermodal: o que é e como pode otimizar a logística da sua empresa

transporte intermodal e multimodal o que é
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter

Você já ouviu falar em transporte multimodal e intermodal? Sabe o que eles significam e quais as diferenças entre os termos? Neste artigo vamos explicar tudo isso e um pouco mais. Confira!

A determinação dos modais de transporte fazem toda a diferença na logística da empresa. Na maioria dos casos, é necessário utilizar vários meios de transporte para garantir uma entrega de cargas eficiente à longa distância.

Multimodal e intermodal definem a articulação de deslocamento de carga com mais de um modal de transporte, o que exige um processo de logística mais assertivo.

Neste artigo, vamos explicar o que é transporte multimodal e intermodal, as principais diferenças e benefícios de cada um e como a tecnologia pode ajudar nesta etapa da logística.

Multimodal e intermodal: o que é e qual a diferença?

Tanto o transporte multimodal como o intermodal combinam meios de transporte diferentes para otimizar as operações, que se inserem na cadeia de suprimentos. Os dois tipos podem utilizar diversas vias para o percurso da carga, como terrestres, aquáticas e aéreas.

Apesar do objetivo ser o mesmo, existem diferenças significativas entre essas duas estratégias.

Transporte Multimodal

Este conceito envolve a movimentação de mercadorias por dois ou mais modos de transporte.

O serviço pode ser realizado por um OTM, ou seja, um Operador de Transporte Multimodal.

O OTM é quem vai assumir toda a responsabilidade pela entrega da carga, mas vamos aprofundar esse conceito mais adiante.

O acordo entre empresa e OTM é firmado através de um documento chamado de Conhecimento de Transporte Multimodal de Cargas (CTMC), que vale como contrato e comprovante fiscal. Apenas um CTMC é emitido para a operação completa.

O multimodal envolve o processo completo de transporte: coleta, unitização, movimentação e até armazenagem das cargas. Justamente por isso, custos adicionais podem ser acumulados na logística, como o transbordo das cargas.

No Brasil, o multimodal é muito utilizado para o transporte de produtos de valor agregado e commodities – como soja, café, metais e petróleo. Por outro lado, a entrega de produtos manufaturados raramente é articulada desse jeito.

Leia também sobre Romaneio de carga, entenda conceito e benefícios!

Transporte Intermodal

Aqui também temos o uso de dois ou mais meios de transporte de cargas. Apesar de não ter base jurídica, o termo “intermodal” ainda é importante, pois existem diferenças consideráveis quando comparado ao multimodal.

No sistema intermodal, a cada mudança de meio de transporte, um novo contrato para acompanhamento dos bens é emitido individualmente e entra em vigor. Por causa disso, ao contrário do transporte multimodal, as responsabilidades não caem sob apenas um operador.

As trocas de contrato também implicam a redistribuição de funções, que são claramente divididas entre os transportadores de cada operação.

A burocracia envolvida no transporte intermodal tem um motivo: a redução de custos. É possível minimizar os gastos de cada modal contratado, o que para muitas empresas é mais vantajoso.

No fim, quais são as principais diferenças?

Resumindo, o transporte multimodal pode ser diferenciado do intermodal por dois fatores: a divisão de responsabilidades e a emissão dos contratos.

Como já explicamos, enquanto no sistema intermodal é emitido um novo documento de transporte para cada modal utilizado, no multimodal é necessário apenas um documento para cobrir todo o trajeto da carga, da origem ao destino.

Na multimodalidade, o OTM é quem assume a responsabilidade de todo o processo, independentemente dos modais determinados para a entrega. Já a intermodalidade tem uma divisão clara das responsabilidades a cada meio de transporte apontado para cada trecho.

Como ganhar tempo e produtividade nos processos logísticos? Veja como!

Principais benefícios do transporte multimodal e intermodal

Como tudo na vida, há sempre um custo benefício! Tanto a multimodalidade como a intermodalidade podem proporcionar grandes vantagens.

O maior  benefício do transporte multimodal é a combinação mais eficiente de múltiplos modos de transporte devido ao contrato único. Os prazos são otimizados e os custos de inventário são reduzidos, controlando, também, os custos das mercadorias.

Ainda podemos mencionar:

  • Menos burocracia e complicações com diversos contratados;
  • Maior eficiência e agilidade logística;
  • Aumento da oferta aos transportadores;
  • Fretes reduzidos aos operadores, que graças à recorrência de contratações e à liberdade de escolha entre os contratados, conseguem acordos de melhor custo-benefício;
  • Segurança quanto à integridade dos bens, já que o OTM deve ressarcir qualquer dano ou prejuízo eventual;
  • Sustentabilidade ambiental, reduzindo a pegada ecológica do transporte.

Por outro lado, o transporte intermodal garante maior controle e autonomia da sua empresa sobre a logística do processo. Este sistema pode oferecer:

  • Possibilidade de reduzir custos individualmente em cada trecho e outros serviços, como armazenagem;
  • Menor consumo de energia;
  • Possível redução da poluição;
  • Minimização do tráfego rodoviário.

Os sistemas multimodal e intermodal surgiram da necessidade de aprimorar as operações logísticas e a disponibilidade de transporte em determinadas regiões ou tipos de cargas. No fim das contas, os benefícios do transporte multimodal ou intermodal dependem da sua própria empresa, suas necessidades e estratégias.

Descubra como fazer a gestão de entregas de forma eficiente!

Entendendo o Operador de Transporte Multimodal

O Operador de Transporte Multimodal (OTM) é uma empresa ou operadora que assume o compromisso da carga perante o proprietário. Mesmo que o OTM não realize diretamente as etapas do transporte, ele é o único responsável pela carga em si.

São os OTMs que organizam diretamente a logística do transporte, que pode ser realizada tanto pelo próprio OTM como por terceiros contratados por ele.

Os operadores lidam com todas as transportadoras envolvidas no fluxo das mercadorias, do início ao fim. Por isso, todo OTM deve possuir habilitação e registro prévio na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Logísitica inbound e outbound? Entenda tudo sobre!

Exemplos de transporte multimodal e intermodal

Entre os principais modais de transporte, temos:

  • Transporte Rodoviário;
  • Transporte Ferroviário;
  • Transporte Aquaviário;
  • Transporte Aéreo; e
  • Transporte Dutoviário.

Cabotagem: o que é e como funciona essa tendência logística

No sistema intermodal, por exemplo, quando a carga é transferida de um caminhão para um navio, um novo contrato é elaborado e entra em vigência. O modo de tração e o manejo das mercadorias permanece igual, mas essas responsabilidades passam para outros funcionários.

Já no transporte multimodal, como mencionamos, um único OTM será responsabilizado por todo o trajeto. Ou seja, caso você precise utilizar o transporte rodoviário, aquaviário e aéreo, é o operador contratado que vai assegurar os contratos com as empresas do setor e a segurança da carga.

A intermodalidade permite que você negocie benefícios individualmente com cada transportador. Um condutor de caminhão, por exemplo, pode conceder um grande desconto que poderia não ser obtido caso o OTM contratado na multimodalidade tomasse outra decisão.

Tecnologia na gestão do transporte

O avanço tecnológico continua trazendo diversos benefícios para a logística, otimizando operações e promovendo maior agilidade. E é claro que isso não é diferente para a gestão de transportes.

Ao implementar ferramentas tecnológicas no sistema de transportes, você pode evitar erros, ter maior controle do trajeto e garantir a segurança da sua carga.

Processos logísticos mais produtivos com aplicativo uMov.meA torre de controle logística, por exemplo, permite o monitoramento dos veículos por meio da geolocalização e a visualização dos dados em tempo real, possibilitando o acompanhamento da frota com uma visão completa e centralizada. A partir dessas informações, as equipes podem ter maior agilidade no planejamento e na identificação de rotas, entre outros benefícios.

Para manter a qualidade do serviço e a segurança, a gestão de canhotos torna-se um recurso cada vez mais importante para as transportadoras. Comprovantes de recebimento em papel podem trazer prejuízos e riscos à operação logística. Em contrapartida, uma gestão de canhotos realizada com base na tecnologia se mostra mais eficiente e segura.

Os aplicativos de logística da uMov.me também podem ser ótimos aliados no transporte e distribuição das suas mercadorias.

Além de oferecer o monitoramento do trajeto em tempo real, nossos aplicativos auxiliam na gestão à operação, trazendo automação e digitalização de processos que conseguem diminuir os erros, reduzir custos e ainda aumentar a produtividade.

Veja também: Natura&CO., BBM e uMov.me discutem o impacto da tecnologia no transporte de carga 

Considerações sobre transporte multimodal e intermodal

O transporte multimodal e o intermodal são muito parecidos. Contudo, agora que você entendeu a diferença entre esses dois sistemas e as vantagens de cada um, já é hora de dar os primeiros passos para escolher a melhor opção para a realidade da sua empresa.

É importante lembrar que o maior desafio não é escolher a melhor opção para o serviço de transporte. É saber quais são os melhores modais a serem utilizados de acordo com a carga e o tipo de operação que será realizada. Isso exige, antes de tudo, uma análise bem detalhada dos custos.

Consolidar a etapa de transporte, seja multimodal ou intermodal, contribui imensamente para obter uma logística mais assertiva. É essencial para se destacar no mercado, aumentar o faturamento e o desenvolvimento do seu negócio, independentemente do ramo de atuação.

Transporte multimodal e intermodal: o que é e como pode otimizar a logística da sua empresa 1

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter

confira mais conteúdos!

vamos conversar?

Preencha os dados abaixo e entenda os benefícios de um aplicativo customizado para seu negócio.

grarfismo_home