O protagonismo feminino na gestão da logística brasileira

Protagonismo feminino na gestão da logística brasileira
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter

Conquistar espaço no mercado de trabalho e ter as mesmas condições de salário, oportunidades e reconhecimento é uma luta constante de todas as mulheres que se empenham para que o protagonismo feminino seja cada vez mais forte.

Mesmo que a sociedade tenha evoluído em alguns aspectos, ainda existe muito preconceito e desigualdade em grande parte das áreas. Porém, no setor logístico as mulheres vêm ganhando cada vez mais espaço.

O protagonismo feminino na gestão da logística brasileira foi a pauta do webinário que teve transmissão ao vivo em março de 2021, o mês das mulheres. O evento, realizado pela iniciativa Next Log, contou com articulação da uMov.me Arena, organização das empresas uMov.me, eSales e Mutuus Seguros e apoio do Sindicato das Empresas de Transportes de Carga e Logística no Estado do Rio Grande do Sul (SETCERGS).

Entenda no vídeo abaixo o que é a Next Log e leia aqui sobre a iniciativa que entrega mais tecnologia ao setor de logística.

No painel, cinco grandes profissionais mulheres: Andressa Scapini Mezacasa, consultora jurídica interna na Scala Logística; Caroline Marchioro, gerente comercial da Petrymar Transportes; Gisiane de Souza Michellon, diretora da Nova Era Transportes Especiais; Mirane Lima, customer success na eSales; Sandra Lume Michelin, CEO da Mônaco Gestão em Documentação de Frotas.

Profissionais mulheres rompendo o conservadorismo no setor logístico

Quando o assunto é gestão de logística, a maioria das pessoas tende a imaginar homens ocupando esse cargo. Porém, é errado pensar que mulheres não podem comandar operadores, gerenciar estoques, corrigir falhas e tomar decisões importantes em uma empresa.

Um setor que antigamente era majoritariamente masculino, hoje caminha em direção à diversidade, pois mulheres têm conquistado, cada vez mais, os cargos de destaque na logística.

Segundo o relatório “Mulheres na gestão empresarial: argumentos para uma mudança”, da Organização Internacional do Trabalho (OIT), empresas com mulheres em postos de liderança têm melhor desempenho nos negócios.

O relatório mostra que quase três entre quatro empresas que promovem a diversidade de gênero em cargos de direção dizem ter obtido aumento de 5% a 20% nos lucros.

Protagonismo feminino

Ao olharmos para o setor de logística, de acordo com um levantamento realizado na última edição da Transport Logistic, maior feira de logística do mundo, o setor ainda tem predominância masculina entre os seus profissionais.

Porém, esse cenário está em transformação. Segundo o mesmo estudo, a maioria das grandes empresas mundiais registra um aumento na contratação de mulheres e elas já ocupam 20% dos cargos.

As empresas familiares são a grande porta de entrada das mulheres no setor de logística, segundo Andressa Scapini. Contudo, a consultora logística afirma que o grande desafio da mulher é estudar, entender e se tornar autoridade naquilo que ela faz para garantir o reconhecimento.

Sandra Lume Michelin, CEO da Mônaco Gestão em Documentação de Frotas, completa:

“Nós precisamos estudar muito e provar que somos boas no que fazemos. Com o passar do tempo vamos conquistando credibilidade no mercado e vamos sendo respeitadas não por sermos mulheres, mas sim pela entrega que fazemos.”

A contribuição da inovação e da tecnologia para a gestão logística

Caroline Marchioro comenta que é impossível falar de tecnologia sem falar em inovação e competitividade, pois nenhuma empresa investe em inovação sem o objetivo de gerar resultados e, consequentemente, se tornar competitiva.

Porém, a competitividade hoje em dia, não é mais sobre a quantidade de veículos que uma empresa tem ou a qualidade deles. Competitividade hoje é a capacidade que as empresas têm em se adequar rapidamente às novas mudanças que o mercado impõe. 

“As transportadoras estão buscando na tecnologia ferramentas para manterem vivos os seus negócios.”

Gisiane Michellon, diretora da Nova Era Transportes Especiais.

A tecnologia em logística contribui para a gestão de todas as etapas da operação, como transporte de matérias-primas, armazenamento, estoque e distribuição.

Portanto, a gestão logística é essencial para que a empresa consiga atender todas as demandas de forma estratégica. Entre os benefícios da tecnologia na logística está a integração de processos, a diminuição de custos e erros e a agilidade nas coletas e entregas.

Leia também: Tecnologia em logística: como um aplicativo pode transformar seu negócio?

As novas ofertas e iniciativas para a geração de valor no setor logístico

Next Log é uma iniciativa colaborativa que reúne empresas, pessoas e entidades interessadas em potencializar o segmento de transportes no Brasil com objetivo de promover o desenvolvimento e a eficiência do setor.

A iniciativa surgiu com o propósito de fomentar a cadeia colaborativa e contribuir com o segmento de logística, levando soluções de inovação ao mercado. Desta forma, a iniciativa busca constantemente parceiros para que através dos seus serviços e produtos agreguem valor ao transporte.

Para as participantes do webinário, a Next Log gera oportunidade de trocas de boas práticas, quebrando paradigmas. É uma inovação que oferece a possibilidade de fazer melhor. 

“Nós precisamos disso, especialmente pelo perfil conservador que o setor tem. Não podemos esperar ser provocados pelos clientes, é preciso estar atento e oferecer soluções.”

Andressa Scapini, consultora jurídica interna na Scala Logística.

Next Log tem o formato de um marketplace, que é uma tendência de consumo hoje. Para Sandra Lume Michelin, a iniciativa contribui para que as pessoas encontrem fornecedores de uma maneira mais ágil.

A transformação digital na logística

Diante de todo o cenário imposto desde o início da pandemia de COVID-19, muitas mudanças ocorreram. O e-commerce, por exemplo, ampliou o nicho de mercado para o setor de logística.

Com isso, as empresas de transporte foram obrigadas a se readequar. Neste movimento, muitas empresas ficaram pelo caminho e as que estão se sobressaindo são, em sua maioria, aquelas que entenderam sobre a necessidade de uma transição entre a era analógica e digital.

Para se adequar à nova realidade, Caroline Marchioro conta que a Petrymar Transportes investiu em retorno de informação e, consequentemente, em tecnologia, para melhor atender os seus clientes.

“O cliente já não está mais disposto a esperar dez ou quinze dias úteis para receber uma mercadoria comprada pela internet. Portanto, essa agilidade está fazendo com que as transportadoras tenham que se adequar cada vez mais à nova realidade.”

Caroline Marchioro, gerente comercial da Petrymar Transportes.

Protagonismo feminino: cinco mulheres representando milhares

Conheça abaixo um pouco mais sobre essas cinco mulheres que dedicam suas carreiras à gestão logística de empresas do setor.

Andressa Scapini Mezacasa, da Scala Logística

Protagonismo feminino: Andressa Andressa é consultora jurídica interna na Scala Logística. Formada em Direito pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), Andressa tem Pós-Graduação em Gestão em Transportes pela FDC/SEST Senat/ITL (2020).

Em 2020, completou 15 anos de atuação junto ao setor de transportes rodoviários de cargas. Com desempenho voltado para o suporte jurídico interno, subsidia áreas de pessoal e operacional com maior ênfase, realiza a gestão dos processos administrativos e judiciais da empresa, elabora teses de defesa e atua em audiências e negociações, em conjunto com a assessoria externa.

A Scala Logística é a empresa da família de Andressa. Com a cisão do Grupo Scapini, com sede em Lajeado/RS, em 2015, sua família iniciou uma nova jornada na área, operacionalizando então a Scala Logística.

Hoje já é reconhecida no mercado por sua atuação focada em operações dedicadas, especialmente no transporte de toras de madeira para a indústria de celulose e o transporte internacional.

Caroline Marchioro, da Petrymar Transportes

Protagonismo feminino: Caroline

Caroline é gerente comercial da Petrymar Transportes. Administradora de empresas, ela é graduada pela Universidade de Caxias do Sul (UCS), Pós-Graduada em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas e com Especialização em Gestão Empresarial pela Fundação Dom Cabral.

Caroline trabalha no setor de transportes há 7 anos. Como Gerente Comercial da Petrymar Transportes, define-se como uma perseguidora incansável da melhoria de processos e resultados que reflitam no atendimento aos clientes.

A Petrymar Transportes atua no transporte rodoviário de cargas fracionadas há 35 anos, especializando-se nos trajetos de longos percursos, atendendo aos Estados do norte, nordeste, centro-oeste e sudeste do Brasil.

Transportando tanto cargas comuns quanto especiais, é reconhecida no mercado pela tradição no transporte aliado à inovação e qualidade dos serviços prestados. Como muitas empresas do segmento, é de origem e administração familiar, tendo o Sr. Moacir Marchioro, pai de Caroline, como um dos proprietários.

Gisiane de Souza Michellon, da Nova Era Transportes Especiais

Protagonismo feminino: Gisiane Gisiane é diretora da Nova Era Transportes Especiais, além de ser também diretora do SETCERGS. Formada em Comércio Exterior pela UNISINOS, tem Pós-Graduação em Gestão Empresarial e Pós-MBA em Negociação pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A Nova Era Transportes Especiais foi fundada pelo seu pai, há 30 anos, onde sua convivência na área de transportes e logística se faz desde criança. Há mais de 30 anos no mercado, é uma transportadora conhecida pela excelência na prestação de serviços no transporte de cargas especiais para todo o Brasil e Mercosul.

Já o SETCERGS, fundado em agosto de 1959, é o órgão de representação sindical patronal do transporte rodoviário de cargas com base territorial na maior parte do RS.

Em 61 anos de história, tem a missão de representar o segmento com ética, qualidade e responsabilidade social. É hoje o segundo maior sindicato do setor no país num estado que, de acordo com a Secretaria de Logística e Transportes, é o que mais depende da malha rodoviária no Brasil.

Mirane Lima, da eSales

Protagonismo feminino: Mirane

Mirane é customer success na eSales. Especialista em transportes, atua há mais de 20 anos na cadeia logística de diversos segmentos. É graduada em Logística e aluna do curso de Pós-Graduação em Gestão de Frotas do Instituto Parar.

Além disso, Mirane contribuiu como voluntária no Projeto Pescar no ano de 2020 e também é idealizadora do 1º Happy Hour para Mulheres da Logística na Serra Gaúcha em 2019. 

Atuou por quase 5 anos como gestora de frotas pesadas, tanto na indústria quanto em transportadoras, como a Canoense Henrique Stefani, referência em carga líquidas no país.

Como embarcadora, esteve à frente de grandes operações em centros de distribuição com clientes como Natura e BRF Alimentos. Atualmente na e-Sales, atua coordenando o setor de Sucesso do Cliente na Regional Sul e conduzindo também a gestão da iniciativa Next Log.

Sandra Lume Michelin, da Mônaco Gestão em Documentação de Frotas

Protagonismo feminino: Sandra

Sandra é CEO da Mônaco Gestão em Documentação de Frotas, empresa com 24 anos, especializada em gestão documental de veículos e condutores e serviços de despachante a nível nacional.

Além disso, Sandra é empreendedora e despachante documentalista há mais de 20 anos. Através da gestão documental já ajudou organizações como a Ambev, Souza Cruz, Philip Morris e Magazine Luíza a produzirem resultados financeiros significativos, sempre com foco na conscientização e humanização do trânsito nas empresas.

À frente de inúmeros projetos de tecnologia ligados à gestão de frotas, comanda uma empresa essencialmente feminina, com uma equipe de mais de 70 pessoas, composta 80% por mulheres, sendo 48% mães e 86% de mulheres no corpo de gestão.

A Mônaco Gestão em Documentação de Frotas oferece serviços de despachante a nível nacional, tanto para pessoa física como para empresas de todos os portes e com qualquer tipo de veículo. Além disso, faz a gestão completa de notificações, multas e de CNHs para as frotas. A empresa é reconhecida no mercado pela expertise em atender os mais diversos segmentos.

O webinário sobre o protagonismo feminino na gestão da logística brasileira agradou as pessoas que acompanharam o evento ao vivo:

Protagonismo feminino

O evento está disponível na íntegra em nosso canal no YouTube. Para assistir, basta clicar aqui.

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter

confira mais conteúdos!

vamos conversar?

Preencha os dados abaixo e entenda os benefícios de um aplicativo customizado para seu negócio.

grarfismo_home