Devo desenvolver apps corporativos internamente ou contratar uma empresa? | uMov.me

Devo desenvolver apps corporativos internamente ou contratar uma empresa?

Para se desenvolver um app corporativo internamente e independente da plataforma — até mesmo as plataformas mobile —, deve-se ter em mente o fato de que a equipe precisará apresentar uma espécie de know-how no assunto.

Mas, por outro lado, quando se pensa em desenvolver apps corporativos externamente, é preciso analisar questões como custos com licença, contratação de uma empresa, compatibilidade com a estrutura de TI do negócio em questão, riscos de descontinuidade do serviço por parte da empresa contratada, entre outras questões.

Mas apesar de todas essas variáveis, um app corporativo oferece muitas vantagens interessantes. Veja quais são as principais delas:

Captação de novos clientes

Um aplicativo corporativo facilita a organização de reuniões com a equipe, apresentação de produtos e serviços em campo, montagem de workshops, sem contar que, em relação à Força de Vendas, esses aplicativos — principalmente os híbridos — reduzem uma negociação que poderia estender-se por até 20 minutos para pouco mais de 30 segundos, aumentando perceptivelmente a produtividade.

Interatividade

Desenvolver apps corporativos, além de resultar em um aumento da produtividade de um negócio, gera uma espécie de interatividade — fator essencial nos tempos modernos —, pois a comunicação entre um vendedor e o setor de TI é instantânea.

Além disso, esse tipo de aplicativo proporciona comunicação por vídeo, construção de organogramas, gráficos, relatórios, tudo isso em função de criar uma interação entre o cliente e o produto oferecido.

Simplificação do treinamento

Ao desenvolver um app corporativo, você estará substituindo o treinamento do pessoal, que no passado era feito por meio de uma extensa papelada e complexas estruturas gráficas, por simples ilustrações e painéis interativos.

Sem contar que os funcionários poderão manipular, de certa forma, esse manual de treinamento, acessando dicas extras, executando testes e aproveitando esses recursos para aumentar a produtividade.

Atualização de informações

Por meio de um login e senha, o responsável pelo estoque, por exemplo, saberá a situação do seu setor em tempo real e de qualquer lugar.

Além de aumentar a produtividade e auxiliar o setor de TI, isso tudo vai garantir informações sempre atuais e específicas de cada setor.

Otimização da guia de produtos

Uma guia de produtos mais bem dimensionada e com interface amigável te permite enumerar as suas qualidades — como uma fórmula para ocultar os campos em uma mesma tela — e repassá-las para os vendedores.

Sem contar que os próprios compradores desses produtos poderão receber essas informações, que, entre outras coisas, servirão como mais uma ferramenta de fidelização de clientes.

Contratar ou desenvolver internamente: qual a melhor escolha?

Levando em consideração a bagagem de experiência no mercado que só uma empresa especializada pode oferecer, com um portfólio atraente e cases de sucesso, a contratação acaba se consolidando como a opção mais segura para empresas que ainda não possuem infraestrutura, tampouco profissionais que garantam a conclusão do projeto e a manutenção do aplicativo.

Entretanto, contratar uma empresa é uma tarefa que exige certos cuidados. Não basta somente analisar a sua reputação, é preciso estabelecer um contrato que, além de garantir a viabilidade financeira, garanta, também, um serviço prestado com excelência e confidenciabilidade.

Por outro lado, caso a empresa opte por desenvolver o app internamente, ela terá uma equipe própria que poderá se dedicar integralmente ao projeto e às atualizações, o que, em outras palavras, significa mais controle dos processos.

A desvantagem, no entanto, fica por conta dos altos valores que podem entrar em questão, devido aos custos que envolvem manter uma equipe para desenvolver apps corporativos.

Por qual método a sua empresa pretende optar? Deixe o seu comentário e participe!