Atividades operacionais: Como apps otimizam as tarefas nas empresas!

Atividades operacionais

Em linhas gerais, atividades operacionais no contexto empresarial são todas aquelas que têm relação com o produto ou serviço comercializado.

É uma definição técnica, oriunda da contabilidade. Mas vamos a um exemplo prático:

Uma empresa que fabrica e vende camisetas, têm como atividades operacionais o desenho dos modelos, a compra dos tecidos, corte, costura e distribuição. Entram, também, como custos de atividades operacionais as despesas com propaganda, embalagem, comissões sobre vendas, e afins. 

Compreender em detalhes os seus custos com as atividades operacionais é um passo fundamental para identificar possíveis gargalos financeiros da operação e assim fazer adequações que impactem positivamente no seu negócio. 

Uma das maneiras de reduzir as despesas com essas atividades operacionais é otimizando o tempo, automatizando parte ou todo o processo

Assim, os profissionais conseguem aumentar sua produtividade, entregando mais resultados em menos tempo – e com menor custo.

Leia também:  Software de gestão: o que é, por que usar e os benefícios às empresas.

Se você quer entender como pode melhorar suas tarefas na empresa, aproveitando os seus recursos de forma mais estratégica e inteligente, continue conosco. 

Neste artigo, você vai saber: 

  • A importância do fluxo de caixa para a saúde financeira da operação
  • O desafio de otimizar as atividades operacionais no dia a dia das empresa
  • Como apps otimizam as tarefas e dão mais produtividade?

Boa leitura!

 

A importância do fluxo de caixa para a saúde financeira da operação

Uma empresa tem inúmeros processos e documentos que exigem atenção do gestor. Muitos deles podem até parecer excessivamente burocráticos.

No entanto, esse controle é essencial para a sustentabilidade da empresa, e evita muita dor de cabeça. Imagine o que aconteceria se você recebesse um salário que você não tem certeza do valor, e gastasse em inúmeras contas, sem anotar nada. 

Se em casa já é essencial que se tenha controle das receitas e das despesas, imagine em uma empresa, com tantos processos, entradas e saídas! 

É justamente esse montante de receitas e despesas efetuadas (recebidas e pagas) em um dado período de tempo que determina o fluxo do dinheiro no caixa de uma empresa.

 

Aqui dois pontos são essenciais:

  • Garantir sempre que possível uma criação de receita maior que a criação de despesas em um mesmo período. Isso salvo algumas estratégias pensadas e planejadas previamente podem inverter momentaneamente essa lógica.
  • Buscar soluções que reduzam o tempo entre a criação de receita e seu efetivo recebimento, ou seja, fazer a dinâmica operacional melhorar o fluxo de caixa

 

Veja como a Diálogo Logística reduziu em até 40 vezes o tempo para obter informações de entregas, uma solução que pode acelerar inclusive a entrada das receitas. Clique aqui para ler o case!

 

As atividades operacionais, no fluxo de caixa, fazem parte do capital circulante da empresa. E o fluxo de caixa operacional deve, necessariamente, representar o EBITDA da empresa.

O EBITDA é o lucro operacional, ou seja, aquele obtido antes de juros, impostos, amortizações ou investimentos. Ele considera somente o potencial da empresa em gerar e gerir o seu caixa. 

Portanto, otimizar processos é fundamental para aumentar o EBITDA. 

Isso porque, ao reduzir energia e esforço em atividades com baixo potencial de geração de receita, você permite que sua equipe invista seu tempo em tarefas estratégicas, não só para ampliar as receitas, mas, também – e principalmente -, para reduzir os custos. 

Se você tiver que repetir a mesma tarefa periodicamente, automatize. Seja estratégico, não operacional. 

 

O desafio de otimizar as atividades operacionais no dia a dia das empresas

A tecnologia está avançando com uma velocidade cada vez maior, e não faltam alternativas que transformam as atividades operacionais em tarefas simples. 

No entanto, mudanças sempre são um desafio. Ao otimizar as tarefas cotidianas, a rotina dos profissionais é impactada.

Por isso, mais do que simplesmente adotar sistemas ou mecanismos que facilitem o trabalho das pessoas, é preciso ter uma mudança cultural na empresa, partindo dos gestores e transformando o jeito de ser daquele negócio. 

A transformação digital é uma necessidade. A maturidade digital é o que as empresas buscam – pelo menos aquelas que entendem que para trás não se anda. 

Uma das formas de transformar é através da mobilidade corporativa. Já é possível observar movimentos de empresas “tradicionais” abrindo espaço, por exemplo, para o trabalho home office. 

Com essas novas formas de se relacionar, produzir e atingir resultados, novas necessidades surgem no ambiente corporativo. A mobilidade corporativa representa uma mudança significativa para as empresas

Otimizar as atividades operacionais, além de reduzir despesas, é uma forma de aproveitar melhor os seus recursos, incluindo o pessoal. 

Ao facilitar as tarefas operacionais, sua equipe ganha tempo para se dedicar à empresa de forma mais inteligente, contribuindo para que os objetivos estratégicos sejam atingidos com mais segurança.

 

Como apps otimizam as tarefas e dão mais produtividade?

Falando em otimizar tarefas e em mobilidade, um aplicativo corporativo é a melhor solução para atender à essa nova realidade, altamente conectada e amplamente distribuída. 

Um profissional pode abastecer seus relatórios ou consultar informações a qualquer momento, de qualquer lugar. 

Portanto, além de auxiliar na otimização das atividades operacionais, um aplicativo tem, também, um importante impacto na sua gestão de pessoas.

Quer alguns exemplos de como automatizar processos? Veja 5 exemplos de automação de processos com tecnologia.

O uso de aplicativos pode auxiliar na redução de custos, na retenção das equipes, no aumento das vendas, no melhor controle financeiro e gerencial, na otimização de tempo e no aumento da produtividade. 

 

Conheça dois exemplos reais!

A AgroService é uma certificadora de grãos que emite laudos através de um app criado especialmente para ela. O aplicativo funciona tanto no iPhone quanto no Android e foi desenvolvimento de forma simples e rápida, através da plataforma uMov.me. 

Com o novo processo, a empresa, além de dobrar a produtividade, reduziu em 100% o nível de erros nas emissões. 

Outro exemplo de como os aplicativos podem auxiliar a melhorar as atividades operacionais é a Laticínios Schotten. 

A empresa implementou um app para melhorar sua força de vendas. Com isso, ganhou velocidade, controle e diminuiu os erros operacionais no processo comercial. 

Otimizando suas atividades operacionais você ganha em produtividade, reduz custos, melhora seus resultados financeiros e sua margem de lucro, além de permitir um crescimento sustentável para o seu negócio. 

Quer descobrir outros aplicativos que podem otimizar sua rotina e facilitar seu dia a dia? Fale com um especialista!