Como usar aplicativos para fazer a gestão de canais de distribuição

gestão de canais de distribuição

Canais de distribuição precisam, acima de tudo, alcançar seus clientes com eficiência e agilidade. Onde quer que eles estejam.

É uma atividade importantíssima dentro do trade marketing. Ela envolve muitas ferramentas e mecanismos, responsáveis por fazer a empresa chegar aos clientes, através de seus produtos.

Se quiser saber mais sobre a gestão da logística no Trade Marketing, leia esse outro guia completo do nosso blog.

No entanto, esses canais normalmente são complexos e precisam ser otimizados para aumentar a eficiência e claro, reduzir custos.

Nesse sentido, trazer a tecnologia móvel, através de aplicativos especificamente desenvolvidos para o gerenciamento logístico, é uma importante evolução.

O mercado tem passado por uma profunda transformação digital.

Apps não somente criam uma outra concepção dentro do transporte de mercadorias, mas transformam a gestão dos canais de distribuição em um fator estratégico dentro da estrutura organizacional da empresa.

Importância dos canais de distribuição no Trade Marketing

Canais de distribuição são, por definição, meios e formas escolhidas por uma empresa para que seus produtos cheguem aos clientes corretos, no momento e locais certos.

Segundo já comentamos em outros posts aqui no blog do uMov.me, o trade marketing é um modelo estratégico que considera, ao mesmo tempo, objetivos e necessidades de duas ou mais empresas.

O trade marketing ganhou espaço dentro das estratégias de venda e distribuição já há quase 3 décadas.

Ele busca transformar o desejo e vontade dos clientes em estratégias comerciais, com o principal objetivo de promover a marca e impulsionar vendas.

Com uma visão mais prática, o trade marketing se responsabiliza tanto pelo posicionamento do produto e da marca, como nas vendas – em clientes e resultados.

A partir daí, o planejamento do trade marketing, deve levar em consideração os canais de distribuição, tanto da empresa produtora, quanto os da empresa distribuidora.

O foco do trade marketing é, principalmente, clientes e pontos de venda, bem como suas necessidades. Da mesma forma, o trade marketing também se preocupa com os canais de distribuição.

Além da busca por melhores maneiras de apresentar os produtos nas prateleiras, o trade marketing cresceu e tornou-se uma importante estratégia de marketing, já que seu foco de trabalho é no cliente final.

Quando falamos de ponto de venda e clientes finais, isso significa que o trade marketing age diretamente nos canais de distribuição para atingir o shopper. O shopper não é somente o cliente final, mas também o comprador, o varejista e a empresa atacadista.

É buscando atingir todas essas áreas da compra, todos os canais de distribuição, que o trade marketing age e cria estratégias de alcance.

Principais metodologias e tipos de gestão de canais de distribuição

Uma vantagem competitiva importantíssima é manter um bom relacionamento das empresas entre os canais de distribuição.

Estar próximo do cliente – seja ele varejo ou atacado – requer o uso de técnicas e metodologias específicas como, por exemplo, o trade marketing. Assim, todo o processo transforma o trabalho entre empresa e cliente ainda mais produtivo.

Existem também outros formatos dentro da gestão de canais de distribuição. Essa variedade de tipos de canais de distribuição e a escolha correta pelo melhor modelo, constitui importante planejamento estratégico na gestão logística.

Um desses formatos é o sistema de distribuição direta. Nele, a empresa que produz não usa intermediários logísticos: ela se encarrega de distribuir e vender seus produtos para o cliente final.

Nesse tipo de gestão, o produtor assume um controle muito maior de seu produto, desde a concepção, até a compra propriamente dita, através do cliente.

A venda, normalmente, se dá através de representantes comerciais autônomos e a venda através de catálogos. É um sistema muito difundido no Brasil, mas que ainda é realizado sem grandes evoluções, se comparado ao seu modelo tradicional.

Já no sistema de distribuição intensiva, o objetivo é atingir a maior quantidade possível de pontos de venda com o produto. Produtos com baixo valor de venda, de compra contínua e alto consumo, normalmente se encaixam nesse sistema.

Nesse formato, é importantíssimo o suporte logístico de diversos fornecedores. Aqui, o fator crucial é disponibilizar uma grande quantidade de produtos, no maior número de pontos de venda possível, de forma rápida e precisa.

No sistema intensivo, é bastante comum a atuação de comércios atacadistas e varejistas. Através deles, ocorrem estratégias específicas de venda, distribuição e disponibilidade do produto, com base nos parâmetros do produtor.

Um formato intermediário entre distribuição direta e intensiva, é o sistema de distribuição exclusiva. Essa metodologia atinge segmentos de mercado específicos, onde existe a distribuição exclusiva para pontos de venda selecionados.

É bastante comum existir a distribuição por representantes comerciais, encarregados de apresentar o produto, efetuar a venda e realizar a entrega direto ao comércio varejista.

O uso de tecnologia móvel e apps na gestão dos canais de distribuição

Uma das soluções que mais vem ganhando espaço dentro do trade marketing é a tecnologia móvel.

Com aplicativos específicos para a gestão dos canais de distribuição, é possível criar, firmar e melhorar o relacionamento entre produtor, distribuidor e consumidor.

A Indústria 4.0 se baseia nas tecnologias propagadas por essa nova Revolução Industrial.

Nela, se dá o uso da automação industrial e de marketing, entre outras; o uso e troca de dados, que facilitam o monitoramento do produto em toda a cadeia produtiva.

Utiliza-se também a tecnologia móvel com a computação em nuvem. Ela elimina espaços destinados ao armazenamento de dados e tornar possível acessá-los em qualquer lugar, através de aplicativos e dispositivos móveis.

Conclusão

Já é bastante difundido e estimulado o uso da tecnologia móvel, em toda a cadeia produtiva, entre ela, na gestão dos canais de distribuição.

Em nosso blog, já trouxemos inúmeros resultados interessantes e positivos para o mercado, todos graças à apps específicos e tecnologia mobile. Confira!

Em especial, criamos este conteúdo acerca da execução de ações em trade marketing. Criamos um amplo panorama, mostrando como gerir o trade marketing de modo completo, através da tecnologia e do uso de aplicativos. Clique aqui e saiba mais!