BTI Estratégica aposta na mobilidade e cresce 30% ao ano

Com apoio da plataforma uMov.me, a BTI leva mobilidade para empresas e foca em agregar para o sucesso do cliente. Saiba mais!

Com forte presença na serra gaúcha, a BTI Estratégica foi criada em 2013 com o objetivo de oferecer serviços de terceirização de gestão de TI, principalmente para indústrias da região.

Os três profissionais de Tecnologia da Informação à frente da BTI buscavam promover transformação digital em outros negócios e isso se tornou possível com a escolha da plataforma no-code da uMov.me como solução para atender seus clientes de forma customizada.

Confira como a parceria entre a uMov.me e a BTI já gerou oportunidades de crescimento de diversas empresas nacionais!

O início de tudo: uma empresa focada em mobilidade

Foi na ‘Itália Brasileira’ — Caxias do Sul (Rio Grande do Sul) — que três profissionais de TI uniram forças para criar a BTI Estratégica em 2013.

Mobilidade - equipe BTI na Sede Time da BTI em Sede da Empresa

O nome veio dos sobrenomes dos três sócios-fundadores: Edilberto “Beto” Baggio, Gustavo Büchle e Leonardo Bof. Todos iniciados pela letra “B”.

Após discutirem vários nomes, veio a ideia de usar a primeira letra dos sobrenomes dos três aliada ao termo “TI Estratégica”. Então, surgiu a BTI Estratégica. “É um nome fácil de falar, de escrever e de  soletrar”, acredita Gustavo Büchle, sócio da empresa.

Com a experiência do trio adquirida em grandes companhias do industrializado pólo da Serra Gaúcha, a empresa prosperou oferecendo aplicativos que promovem a mobilidade e transformação digital de seus clientes.

A possibilidade de oferecer mobilidade corporativa surgiu logo no começo da BTI e a uMov.me, plataforma no-code para a criação de aplicativos, foi a solução escolhida.

O desenvolvimento da mobilidade para seus clientes

Büchle conta que no começo a BTI pretendia atuar como consultoria de gestão de TI e gestão de processos. “Como era um mercado batido, queríamos desenvolver uma solução própria”, afirma Büchle.

Mas para começar, apostaram em oito parceiros para oferecê-los a clientes na Serra. A uMov.me estava na carteira, que também incluía a venda de projetos esporádicos usando a expertise dos sócios.

Fizeram um grande investimento para botar um time comercial na rua, para vender tudo. A falta de sinergia entre as soluções foi logo percebida e o início foi de dificuldades.

Os oito parceiros viraram quatro já em 2014, um ano depois da abertura da empresa. A equipe comercial também ficou mais enxuta.

Vitória na crise

A situação começava a melhorar, mas logo veio a crise político-econômica do Brasil. O polo metalmecânico da Serra foi duramente afetado e, com ele, todo o ecossistema de empresas locais, inclusive a BTI.

Para uma empresa nova, o impacto da crise pode ser fatal. Mas a BTI perseverou.

Estudos e adaptações fizeram parte da mudança que manteve a empresa durante a crise. Os quatro parceiros que a BTI representava na região se transformaram em apenas um: a uMov.me. Büchle declara:

“Eu era extremamente técnico, mas sempre estudei metodologias de negociação. E com a empresa fui mudando. Atualmente, sou 70% comercial e apenas 30% técnico. Hoje elaboro a arquitetura do projeto, como vai ser feito e a equipe técnica assume, melhorando e entrega!”.

Os resultados vieram, junto à confiança dos clientes e contatos em prospecção. Somente no começo de 2017, a empresa fechou cinco contratos, quase o dobro do ano anterior inteiro!

“Nosso maior desafio foi manter a empresa aberta devido à dificuldade ao empreendedorismo no Brasil. Tivemos de enfrentar tributação, crise e burocracia, mas estamos conseguindo”, comemora.

Mesmo na crise, a BTI sempre cresceu em faturamento. Em média, entre 20% e 30% ao ano.

Mobilidade corporativa: parceria com uMov.me

O grande desafio no começo da parceria era o investimento nas licenças, sem ainda ter clientes.

A dificuldade perdurou até a BTI adotar a metodologia uMov.me. A empresa foi uma das primeiras a apostar no método e, desde então, tem obtido resultados muito positivos.

Dobraram de faturamento de mensalidade com soluções de mobilidade desenvolvidas na plataforma uMov.me. Em 2018, a expectativa era triplicar a receita recorrente. Büchle celebrou a parceria com a uMov.me:

“A metodologia é focada em ajudar os parceiros para abrir mercado, desenvolver o mercado, trazer e gerar clientes. Os maiores leads que tenho hoje vieram da uMov.me”.

App 2 telas 2A BTI ainda desenvolveu um processo para a realização de integrações e transformou isso em uma metodologia que a própria uMov.me já está revendendo a parceiros e clientes finais.

O processo é flexível e pode ser replicado nas mais diversas empresas. Isso se transformou num novo produto da BTI.

A escolha de se focar somente na plataforma da uMov.me foi motivada pela estabilidade da solução, como Büchle constata:

“Isso me faz não ter custo com suporte. Nos garante rentabilidade, pois não é necessário atender o cliente para resolver problemas da plataforma”.

Mesmo com a metodologia, a BTI ainda precisa fazer o processo para fechar o negócio. É a hora que o lado comercial dos sócios é posto em prática.

Transformação digital em clientes de peso

Basta avaliar o número de usuários de aplicativos para validar o crescimento. Em janeiro de 2017 eram 200, chegaram a 600 e já tem mais 400 usuários na fase final de negociação.

Empresas gigantes da região da Serra Gaúcha já são clientes da BTI, como as transportadoras Minuano, Rasador e TW, além da Grendene e de uma grande cadeia varejista com sede em Farroupilha (RS).

A maioria dos clientes tem pelo menos dois sistemas implantados pela BTI e, aqueles que ainda estão no primeiro sistema, já começam a buscar formas para adotar a mobilidade para novas áreas.

Como resultado, algumas empresas já colheram bons frutos, reduzindo custos com equipes que entregam mais e aumentando 50% em produtividade, por exemplo.

Parceria da uMov.me e BTI leva mobilidade para empresas

E seu negócio também pode fazer parte dessa transformação digital, gerando oportunidades de criar soluções por meio de aplicativos para atender melhor aos clientes de maneira personalizada.

Se você tem uma empresa de tecnologia e quer desenvolver soluções customizadas de acordo com as regras de negócio dos seus clientes de qualquer segmento (como logística, força de vendas, trade marketing ou serviços, por exemplo) torne-se um parceiro uMov.me!

Já ajudamos a melhorar as operações de mais de 10 mil empresas, como Plimor, Grupo Dimed, Lojas Lebes, LS Translog, e temos mais de 140 parceiros, como a Evne Tecnologias Inteligentes , DrJoe e RG2 Sistemas.

Case BTI banner conversao

Cases

Mobilidade corporativa na manutenção faz Camisaria Colombo reduzir custos

Saiba como a Camisaria Colombo reduziu custos da sua área de manutenção utili...

Cases

Mobilidade corporativa na manutenção faz Camisaria Colombo reduzir custos

Saiba como a Camisaria Colombo reduziu custos da sua área de manutenção utili...

Assine nossa newsletter

Tenha acesso aos nossos principais posts diretamente em seu email.

A mensagem foi enviada.