uMov.me / Trevisan: Mobilidade em massa!

A uMov.me/Trevisan Tecnologia deu uma virada nos seus negócios esta semana, com o lançamento do uMov.me, portal que reúne ao mesmo tempo um e-commerce de aplicativos móveis e um programador automático de soluções, além de formar uma comunidade de revendas e desenvolvedores.

Os produtos vendidos no uMov.me serão comercializados no modelo software como serviço.

No momento, a loja tem 30 aplicativos, todos desenvolvidos pela Trevisan, indo de áreas como vistoria de ar condicionados até logística, passando por pesquisa de trade marketing.

“A ideia é que desenvolvedores individuais e empresas aumentem muito esse número”, afirma Alexandre Trevisan, diretor da Trevisan. De acordo com o empresário, o objetivo é transformar a companhia em uma fornecedora da “tecnologia e do market place”.

Além da compra direta no portal, a venda ficaria para uma rede de parceiros que no momento já inclui 11 nomes. Entre eles estão a distribuidora Mazer, a consultoria de ERP Excellence, a distribuidora de soluções Automatech e parceira Oracle Advanced IT, entre outros.

Os desenvolvedores, parceiros e a Umov.me dividirão as receitas geradas pelos usuários. Os aplicativos criados no Umov.me rodam em mais de 300 aparelhos.

Nos celulares, pode funcionar como um aplicativo em telefones com o sistema Android, Symbian, BlackBerry e, até fevereiro, Apple. Tablets acessam os aplicativos via browser.

Trevisan não abre as metas de faturamento do negócio, mas é entusiástico sobre o tamanho do mercado potencial, destacando tanto o poder da pauta mobilidade nas empresas grandes – pesquisas apontam que 90% dos CIOs devem comprar algum aplicativo móvel nos próximos meses – como em clientes menores.

“Com a banda larga móvel e os smartphones, esse é vai virar um mercado enorme. Porque um condomínio não daria um aplicativo de controle de entrada mobile para um porteiro, por exemplo”, acredita Trevisan.

O empreendimento já tem um parceiro na Europa e deve lançar em breve versões em inglês e espanhol, visando o mercado global. Em fevereiro, a Trevisan fará o lançamento mundial na badalada Mobile World Congress, em Barcelona.

É uma tacada ousada, mas Trevisan se mostra seguro. “Estamos há 15 anos nesse negócio. Estivemos entre os primeiros a lançar uma solução convergente e migrar do TDMA para o GSM. Temos tudo para acertar de novo”, aposta o diretor da Trevisan.

Fonte: Baguete