Qual é a lei que sua empresa precisa vencer para ser bem sucedida

Qual é a lei que sua empresa precisa vencer para ser bem sucedida

A tecnologia tem um papel cada vez mais relevante no dia a dia. Não só pelos vídeos de gatinhos fofos e a criação de memes, mas também pela forma como o público pode interagir com uma empresa.

Se tivéssemos que chutar, diríamos que você está lendo este texto no celular. E considerando as estatísticas mundiais, teríamos 70% de chances de acertar!

Como profissional de TI e desenvolvimento de software, você já deve ter prestado seu digníssimo serviço a outras empresas maiores. E se deparou com uma verdadeira bagunça organizacional. Hierarquia confusa, comunicação ineficiente, falta de autonomia etc. E, meses depois de começar a trabalhar, o produto não está nem perto de ser entregue. Mas por quê?

Já ouviu falar da Lei de Conway? Se você já trabalhou em um grande projeto de software, já deve conhecer o conceito. Em resumo, ela diz que, quanto mais complexa for a estrutura organizacional de uma empresa, mais complicado e confuso será o sistema produzido nela.

E se existe algo que ninguém quer é um software confuso. Isso se o produto chegar a ficar completo!

Esse é um problema terrivelmente recorrente em empresas muito antigas, que utilizam os chamados “sistemas legados”. São estruturas de dados extremamente complexas, mas que ainda servem a um propósito fundamental dentro do negócio, mesmo que quase tudo nela já esteja obsoleto.

E como a atualização seria muito cara, todo mundo resolve “empurrar com a barriga” por mais um dia, um mês, um ano… E depois chamam você para apagar o incêndio.

Mas você não deve estar aqui só pra acumular mais más notícias. Você precisa de soluções! Bem, muitos grandes negócios já estão buscando alternativas ao velho modelo hierárquico e engessado.

Por exemplo, dividindo as diferentes etapas de produção entre pequenas equipes autônomas. Toda a comunicação necessária pode acontecer dentro do grupo, o que poupa tempo e remédios pra enxaqueca.

Lei é argumento para vender as soluções da empresa

Ok, você já deve ter entendido o espírito da coisa: é mais eficiente trabalhar com simplicidade do que complexidade. Mas, infelizmente, grandes negócios não podem ser “não complexos”.

Essas empresas sempre possuem centenas de profissionais e projetos que dependem de muitas áreas de conhecimento. A complexidade vai te perseguir!

Mas calma, ainda não precisa pegar os remédios pra enxaqueca de novo. Como já mencionamos, a solução para alguns negócios foi quebrar esses procedimentos em outros menores e mais enxutos.

E é aí que a sua empresa entra. Em vez de ampliar uma organização que já está tentando se simplificar, é melhor terceirizar o serviço.

Quando você estiver dando aquela primeira consultoria para um futuro cliente, é provável que escute o mesmo argumento sobre “terceirizar é muito caro” e “quero uma empresa mais independente”…

Nessas horas, considere usar a Lei de Conway como argumento. Um sistema que fica pronto mais rápido sempre custa menos do aquele a eterna marca do “em desenvolvimento”.

Agora que você já conhece a Lei de Conway, é hora de melhorar um pouco a agilidade da sua empresa! Quer aprender ainda mais? Então veja nossos artigos sobre venda de apps para negócios e a importância de um modelo de negócios em novas empresas.

728x90