Saiba como criar um aplicativo de trade marketing

Criar Aplicativo de Trade Marketing

Alguns especialistas gostam de resumir o Trade Marketing como a forma de controlar situações que dificilmente podem ser controladas, já que cada ação promocional em ponto de venda em geral envolve diversos agentes externos, como agências de marketing, varejistas e distribuidores.

Qualquer controle mais próximo de uma atividade do tipo ia exigir, no mínimo, visitas a dezenas de lojas, que podem estar espalhadas por diferentes cidades e até mesmo diferentes estados. O recurso mais poderoso e útil que você pode ter em mãos é a informação precisa e atualizada.

Não ia ser excelente que a revolução mobile trouxesse também uma solução capaz de convenientemente auxiliar na coleta e na organização dessas informações de um modo que seja fácil recuperá-las quando for necessário?

Aprenda como criar um aplicativo de trade marketing e tenha todos os responsáveis por ações em pontos de venda eternamente agradecidos a você.

Como funciona um aplicativo de trade marketing?

Para ver melhor como um aplicativo de trade marketing pode ser eficaz, vamos primeiro lembrar como os especialistas em marketing comercial tinham de trabalhar antes da era do celular. Para coletar os dados necessários nos pontos de venda, eles precisariam estar acompanhados de um verdadeiro “arsenal de dispositivos” — uma câmera, um notebook, algo para fazer anotações e um telefone. Bem, com certeza, você já percebeu que todos esses recursos hoje podem ser encontrados em um local só: a tela do smartphone.

Com um dispositivo móvel, você pode fazer tudo mencionado acima, incluindo anotações rápidas digitando-as em algum aplicativo similar a um bloco de notas. Ainda assim, sem a existência de um aplicativo de trade marketing, todas as informações coletadas serão espalhadas em locais diferentes do aparelho, o que não ajudará muito na organização e na centralização dos dados.

É muito mais prático reunir todas as diferentes informações em um único aplicativo no momento em que elas são coletadas. E, de preferência, que ele tenha um sistema capaz de auxiliar na catalogação de diferentes promoções e pontos de venda. Além de outros recursos que facilitam a vida dos profissionais de trade marketing, como uma checklist de ações realizadas pelos colaboradores no PDV e integração direta com o banco de dados da empresa.

Isso tudo para que essas informações possam ser facilmente usadas posteriormente em estratégias de Business Intelligence (BI). Centralizar informações é a melhor forma de armazená-las e evitar a perda de dados e o retrabalho.

Como criar um aplicativo de trade marketing?

Já falamos bastante da criação de aplicativos para diferentes áreas em nosso blog, mas é sempre bom destacar que não ter profundos conhecimentos em linguagem de programação NÃO é um fator impeditivo para desenvolver um aplicativo.

Hoje, existe uma série de fornecedores e plataformas que permite o desenvolvimento de apps de forma ágil e customizada — como a uMov.me, por exemplo.

O aplicativo de trade marketing deve ser uma ferramenta eficaz para coletar informações diretamente nos pontos de venda: você pode tirar fotos de lojas e produtos, rotulá-los ou digitar uma tag e vinculá-los a uma loja ou a uma campanha de marketing em seu banco de dados.

Mais tarde, se você quiser recriar o interior de uma determinada loja em sua mente, verificar o histórico de alguma loja ou provar a uma agência de marketing que seus funcionários têm feito repetidamente um trabalho desleixado, ter essas informações bem organizadas em um aplicativo de trade marketing poderá ser muito útil.

E aí? Tem alguma dúvida de como um aplicativo de trade marketing pode ajudar a vida dos gestores de marketing e colaboradores da área comercial? Conta pra gente nos comentários.

728x90